Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Marca

BRF e Carrefour se unem à IBM para rastreabilidadede alimentos

Iniciativa visa garantir a qualidade dos produtos desde a sua origem no campo às gôndolas do supermercado. A ação está associada à tendência de preocupação com segurança alimentar

Por Priscilla Oliveira - 10/11/2017

A BRF e o Carrefour se uniram à IBM Brasil para desenvolver o projeto “FoodTracking” para fazer rastreabilidade de produtos por meio da tecnologiade blockchain. O intuito é informar ao consumidor, de maneira simples e objetiva, a procedência dos alimentos, considerando todas as etapas do negócio: produtiva, comercial e logística. O projeto foi desenvolvido na Garagem 11.57 – um espaço criado pela IBM para acelerar inovações e aplicações na nuvem.

A ação está associada à tendência de preocupação com segurança alimentar e a confiabilidade da origem dos alimentos, que vêm crescendo mundialmente.A fase inicial, que também busca identificar oportunidades e dimensionar os desafios na aplicação da solução tecnológica, contempla um lote específico de lombo suíno congelado e fatiado da marca Sadia. O projeto utilizando a plataforma Blockchain da IBM baseado no Linux Foundation’s Hyperledger Fabric, durou oito semanas e o produto foi comercializado em hipermercado da rede em São Paulo (SP).

Como a produção e distribuição ocorrem em larga escala, em diversos países, e envolvem inúmeros parceiros de negócios, a empresa enxergou a oportunidade de evoluir as atuais soluções de rastreabilidade existentes para uma plataforma mais colaborativa e segura. A partir da leitura de um QR Code afixada na embalagem, o consumidor terá acesso a informações detalhadas das etapas de produção, distribuição e disponibilização do produto na prateleira do varejo.

Leia também: Experiência no omnichannel – pesquisa exclusiva para assinantes do Mundo do Marketing Inteligência.