Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

YouTubers lideram ranking dos mais influentes do Brasil

Relevância de criadores de conteúdo da plataforma de vídeo supera audiência de artistas. Whindersson Nunes é o primeiro colocado de lista, que inclui ainda Flavia Calina

Por Priscilla Oliveira - 11/09/2017

Com forte apelo entre os internautas, os youtubers estão sendo a aposta de muitas empresas para chamar a atenção do público. O motivo é claro: eles vem ganhando mais poder de influência e chegam a ultrapassar artistas em relevância. O piauiense Whindersson Nunes, criador de conteúdo no Youtube ocupa a primeira posição do ranking “Os Influenciadores de 2017 - Quem Brilha na Tela dos Brasileiros”, pesquisa feita pela Provokers para o Google. Ele possui quase 23 milhões de seguidores e vem despontando em campanhas publicitárias, show de stand-up comedy e até ganhou destaque em videoclipe do Luan Santana.

Das 10 personalidades do ranking, outras quatro são criadores de conteúdo do YouTube: Flavia Calina, Julio Cocielo, Felipe Castanhari e Felipe Neto. Também estão na lista nomes conhecidos do mundo da TV como Rodrigo Faro, Lázaro Ramos, Taís Araújo, Juliana Paes e Paola Oliveira. O ranking de 2017 traz seis novos nomes, sendo três geradores de conteúdo na plataforma de vídeo e três artistas da TV, entre os quais um novo tema ganha relevância: maternidade (Flavia Calina). Outros nomes da web que vem se destacando são Bianca Andrade, Kéfera, Camila Coelho e Christian Figueiredo.

Características como originalidade, senso de humor, autenticidade e inteligência são as que mais contribuem para a construção de influência. Juntos, esses fatores representam 51% do “peso” da influência de uma celebridade. A "fórmula de sucesso" dos youtubers é pautada por um misto de admiração e proximidade que, juntas, geram uma relação de identidade com o público. Além disso, geralmente são interpretados como corajosos, "caras de pau", não têm medo de se exporem a críticas e haters.

Também são reconhecidos como inteligentes, engraçados, carismáticos ou polêmicos - são seguidos, muitas vezes, porque têm uma opinião ou uma "sacada" sobre algum tema, o que também denota inteligência e sagacidade. Os YouTubers são também admirados pelo diálogo direto e constante que têm com sua audiência. Eles postam periodicamente vídeos que mostram sua vida, casa, rotina - não somente o lado “maquiado” da vida -, além de contarem como ganham fama e dinheiro com seus vídeos, estimulando a audiência a querer ser como eles. Este ano a pesquisa estendeu a faixa etária dos entrevistados e passou a considerar a população de 14 a 34 anos.

Leia também: O potencial do mercado de Influenciadores Digitais – estudo do Mundo do Marketing Inteligência.