Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Uso de ferramentas de automação cresce em agências

Porcentagem na adesão passou de 50% para 59%, nos últimos 12 meses. Estudo mostra tendências na adoção de ferramentas de Marketing Digital, vendas, comunicação e help desk

Por | 30/05/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

As agências digitais utilizam cada vez mais plataformas de automação de Marketing no país. A porcentagem na adesão das ferramentas passou de 50% para 59%, nos últimos 12 meses, segundo a pesquisa TechTrends 2017: Benchmarks de Ferramentas para Agências, criada em parceria entre a Resultados Digitais e a Rock Content. Dentre todas as categorias abordadas, as ferramentas de Marketing digital são as favoritas pelas agências.

Das 366 empresas entrevistadas, 99,5% disseram que usam ao menos uma opção. As soluções desse segmento envolvem desde criação de landing pages e e-mail Marketing até análise e monitoramento e gerenciamento de mídias sociais. Entre as ferramentas de automação de Marketing, o RD Station permanece como o grande favorito, com mais de 55% de adesão, um crescimento de 12% em relação ao ano passado.

O software também se tornou o líder na criação de landing pages no país - em 2016, a maioria das agências utilizavam tecnologias próprias para a construção das páginas. Esse cenário mostra  que as agências estão em busca de soluções que melhorem a produtividade da equipe e permitam com que elas realizem diversas ações de forma personalizada e escalável. Em relação ao Customer Relationship Management (CRM), 48,1% das agências usam esse tipo de meio para auxiliar nas vendas, sendo o Pipedrive o mais popular (29%), seguido de ferramentas próprias (23,3%), Hubspot (13,6%) e Agendor (12,5%).

Ainda segundo a TechTrends, outras plataformas que ampliaram os serviços nas agências foram as de social media monitoring/management - de 61%, em 2016, para 70%, em 2017. A mais utilizada continua sendo o Hootsuite (30,9%), seguido do RD Station (26,6%), que subiu de terceiro para segundo lugar no critério, e Scup (22,%). Na área de gestão de conteúdo, a Rock Content permanece na liderança, com crescimento de 45% para 68,1%, em 2017. Em segundo lugar está a Contentools com 32,7%. 

A pesquisa apontou o pouco investimento das agências brasileiras da área em investimentos de Business Intelligence, talvez pelo desconhecimento do potencial do software para o negócio. De todas as agências entrevistadas, apenas 14,2% usam alguma ferramenta, sendo que 36,5% são criadas na própria empresa. Entre as mais utilizadas estão o GoodData (21,2%) e QlikView (17,3%). 

Dos 21 tipos de ferramentas analisadas no estudo, as tecnologias brasileiras predominam em oito categorias: Automação de Marketing, construção de landing pages, plataformas de conteúdo, assinatura eletrônica, hospedagem, ERP, meios de pagamentos e BI. Já as estrangeiras são preferidas em 13 áreas: e-mail marketing, SEO, Analytics, Testes A/B, CMS, Social Media Monitoring/Management, CRM, Comunicação, Help Desk, colaboração, bug tracking, gestão de projetos e suítes de produtividade.

Leia também: A importância das ferramentas de tecnologia no Marketing - conteúdo exclusivo para assinantes do Mundo do Marketing Inteligência.





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss
Evento: Influenciadores Digitais