Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

8 tendências do setor digital para 2017

Área se reinventará mais uma vez para acelerar processo de conversão de usuários em clientes. Orientações são de Ricardo Martins, Diretor de Inovação na ABlab

Por | 08/12/2016

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O ano de 2016 ficou marcado como o período em que as empresas mais investiram em Marketing Digital - aproximadamente 94% das corporações mantiveram ou aumentaram o interesse na área. Esse número é reflexo do aumento de visitantes aos sites e e-commerces, sem falar na crescente onda de engajamento que as redes sociais proporcionam aos internautas.

Por englobar uma gama de segmentos como redes sociais, transação bancária, mercado delivery entre outros, uma série de mudanças estão sempre acontecendo na área para a melhoria dos serviços. Levar novos usuários ao site e convertê-los em clientes é o desafio de muitas empresas.

Isso se torna ainda mais difícil em um cenário imprevisível como o atual, em que novas tecnologias e maneiras de fazer negócio surgem a todo instante. Nos Estados Unidos, os investimentos em marketing Digital triplicarão até 2018 e o Brasil acompanhará essa tendência, segundo a pesquisa The CMO Survey 2015. Após analisar os dados de demanda e resultado obtido nas agências que passou, o Diretor de Inovação na ABlab, Ricardo Martins, chegou a oito regras de maximização de performance para o setor no próximo ano.

-CRM focado na análise de dados real time do cliente - Tratar o relacionamento do cliente com dados real time com objetivo de impactar no canal, mensagem e momento de iniciar a comunicação junto ao público-alvo. O conhecimento e análise profunda de Big Data podem ajudar a empresa a se destacar.

-Pagamento Transparente - Um dos maiores diferenciais do Uber foi sempre promover o pagamento como uma necessidade interativa e ser algo transparente ao cliente. Isso passa credibilidade para o possível o cliente independente do serviço.

-Campanhas de Integração Off-line e On-line - Adquirir dados do consumidor deve ser a prioridade da empresa, não importa o meio. As novas campanhas off-line migram para o cenário digital e cada vez mais deverão trazer resultados e princípios destinados ao setor.

-ChatBots (ou chatterbot) - Os bots devem ser a nova moda, ao invés de brigar pelo espaço com outros APPs veremos muitos bots de conversação espalhados no mercado. O ChatBots é um programa de computador que simula um ser humano na conversação com as pessoas.

-Machine Learning - Usar dados e redes neurais para automatizar algoritmos. A Tecnologia no Marketing vem ajudando os profissionais a entenderem melhor como lidar com esse tipo de solução.

-Wereables - Se a integração entre on e off está cada vez mais eminente os devices como Apple Watch, Samsung Clock e Nike Run devem crescer, já que eles são grandes pontes entre os canais.

-Integração de meios de pagamentos - O avanço das fintechs deve levar a unificação dos meios de pagamentos como, por exemplo, pagar uma conta com o seu celular.

-Serviços como Produtos - Os melhores exemplos são Netflix e Spotify, eles descontruíram o conceito de comprar música e filme como produtos e transformaram o comportamento do consumidor em serviços.

Marketing Digital, Tendências, Big Data





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss