Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Vendas mobile crescem 70% no Brasil

“Saúde e Beleza” é a categoria mais vendida no m-commerce nacional, segundo estudo global da Criteo. Apps alcançaram taxas de conversão três vezes maiores do que os sites mobile

Por | 20/09/2016

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

As transações feitas via mobile cresceram 70% no Brasil no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2015. É o que indica o estudo State of Mobile Commerce Report, da Criteo, líder global de tecnologia especializada em publicidade digital e Marketing de performance, que realizou mais uma pesquisa para entender a evolução do varejo mobile nos primeiros seis meses de 2016 em 12 países.

De acordo com o estudo, que revela hábitos de consumo e traz previsões para o mobile commerce no mundo, as vendas por dispositivos móveis vêm superando o desktop. O relatório mostra que os aplicativos são os canais mais eficientes para geração de vendas nesse ambiente. Além disso, identificou também que os APPs dominam em todos os estágios do funil de compra e convertem três vezes mais que a navegação em mobile browsers.

No Brasil, a maior parte das operações (83%) é realizada por smartphone, que registrou um crescimento de 14% no primeiro semestre versus o mesmo período do ano passado. Somente 17% das compras são feitas via tablet. O sistema operacional mais utilizado é o Android, que dobrou sua participação de 7,2%, na primeira metade de 2015, para 14,4%, em 2016. As transações via iOS representam 4,7%.

Em relação às categorias mais vendidas, "Saúde e Beleza" lidera o ranking com 25% de participação. Em segundo lugar, aparecem os itens para "Casa", seguido por "Moda", que vem apresentando rápido crescimento e deve ocupar posições mais altas em breve. Comparando o segundo trimestre de 2015 com o mesmo trimestre de 2016, "Moda" registrou 39% de crescimento, enquanto "Saúde e Beleza" e "Casa" alcançaram 32% e 18%, respectivamente.

Pela primeira vez na história, os smartphones foram responsáveis pela maioria das transações móveis nos grandes mercados globais. No Japão e no Reino Unido, as vendas por dispositivos móveis já ultrapassaram as operações feitas via desktop. Os países com o maior percentual de sites responsivos (incluindo Coreia do Sul, Austrália e Japão) também foram os que registraram a maior parte das transações móveis. Brasil, Austrália e França são os países que registraram maior crescimento na participação do mobile no e-commerce em comparação ao primeiro semestre de 2015.

Os varejistas com aplicativos sofisticados tiveram até 54% de suas transações móveis geradas pelo canal no segundo trimestre de 2016. Aqueles que já possuem aplicativos e são mais maduros no ambiente mobile tiveram 90% a mais de conversões em comparação com lojistas emergentes no segmento.

m-commerce, mobile, Criteo, smartphone, varejo





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss