Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Brasileiros que moram sozinhos movimentam R$ 103 bilhões por ano

Mais de oito milhões de pessoas vivem sozinhas e a metade delas em casas amplas, com mais de cinco cômodos. Dados são do Instituto Locomotiva, recém-criado por Renato Meirelles

Por Roberta Moraes - 14/07/2016

Os brasileiros que vivem sozinhos são responsáveis por movimentar R$ 103,7 bilhões por ano. Esse universo formado por 8,2 milhões de pessoas é o equivalente à população da Suíça ou da Áustria. Mais da metade das pessoas que moram sozinha vive em residências amplas, com cinco cômodos ou mais. Os dados são do Instituto de pesquisa Locomotiva, recém-criado por Renato Meirelles, ex-presidente do Data Popular, e Carlos Alberto Júlio, ex-presidente da HSM e da Tecnisa, e que nasce com o objetivo de entender o comportamento do brasileiro independente da classe social.

A pesquisa também analisa a distribuição etária e o estado civil desse grupo e mostra que 7% das pessoas optaram por morar só mesmo casadas. Se, por um lado, há idosos, pessoas divorciadas ou viúvas, por outro lado existem brasileiros que, apesar de buscarem independência e liberdade, se casam ou passam a morar com outra pessoa cada vez mais tarde.

Pela faixa etária os mais velhos formam o maior grupo: pessoas acima de 60 anos representam 43%, já os mais jovens (entre 16 e 24 anos) estão na outra ponta, com apenas 4%. Indivíduos entre 25 a 39 anos formam 19% e entre 40 a 59 anos, 34%. Por estado civil os solteiros são a maioria, com 45%, seguidos por viúvos (28%), divorciados (20%) e casados (7%).

Single, Solteiro, Instituto Locomotiva