Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Venda de repelentes cresce 88% por conta de surto de dengue e zica

Categoria totalizou faturamento de mais de R$ 217 milhões no ano passado, representando um aumento de 50%. Dados da Nielsen mostram o resultado do último quadrimestre de 2015

Por Bianca Ribeiro - 27/04/2016

A venda de repelentes cresceu 88% nos últimos quatro meses de 2015 por conta da grande atenção e preocupação que a população está tendo em relação às epidemias de dengue e zika. A categoria totalizou um faturamento de mais de R$ 217 milhões no ano passado, representando um aumento de 50%, segundo dados do levantamento realizado pela Nielsen.

Ainda de acordo com a pesquisa, as vendas subiram em valor, 230%, e em volume, 115%, comparado como mesmo período de 2014.  E a tendência é que o avanço continue no mesmo ritmo em 2016. Tanto o crescimento em volume quanto em valor de repelentes é bem mais significativo nos quatro últimos meses de 2015 (55% e 88%, respectivamente) que a variação do ano todo (32,5% e 49,5%). Somente no interior de São Paulo, no ano passado, as vendas subiram mais de 100% devido ao surto de dengue.

Pesquisa, Nielsen, Repelente, Faturamento