Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Consumo de salgadinhos diminui em meio à crise

Sete em cada 10 brasileiros declaram ter consumido menos salgadinhos nos últimos 12 meses, considerando o período até novembro de 2015. Levantamento foi realizado pela Mintel

Por | 27/04/2016

bianca.ribeiro@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O consumo de salgadinhos diminuiu em meio à crise econômica. Sete em cada 10 brasileiros declaram ter consumido menos salgadinhos nos últimos 12 meses, considerando o período até novembro de 2015, segundo pesquisa realizada pela Mintel. Fatores como inflação e taxas de desemprego mais elevadas indicam que, com o objetivo de manter as pessoas consumindo alimentos dessa categoria, as marcas terão que desenvolver novas estratégias. 

Embora salgadinhos sejam tipicamente vistos como um alimento indulgente, o estudo mostra que quase metade dos brasileiros (49%) afirma consumir algum tipo de salgadinho saudável, como snacks de baixas calorias, com mais proteínas e sem glúten. O levantamento indica que 37% deles consumiram opções integrais, também vistos geralmente como mais saudáveis do que os salgadinhos comuns nos últimos 12 meses. 

Ainda segundo a pesquisa, as oportunidades dentro deste mercado estão no desenvolvimento de salgadinhos saudáveis, desviando da imagem de não saudável pela qual a categoria é geralmente associada. Por exemplo, 82% dos brasileiros concordam que é melhor evitar comer salgadinhos todos os dias.

Entretanto, há variedades que são vistas de forma diferente. Afastando da imagem de não saudáveis, 38% dos consumidores de salgadinhos concordam que "amendoins e castanhas são boas opções para comer e ganhar mais energia antes e/ou depois dos exercícios físicos" e um terço dos consumidores (33%), admite que "amendoins e castanhas são salgadinhos com alta concentração de proteína". Aliás, a pesquisa indica que um em cada três consumidores de salgadinhos no Brasil (29%), concorda que salgadinhos com mais fibra ajudam a matar a fome entre as refeições.

O estudo também indica que a diminuição do tamanho dos produtos para manter as vendas é uma estratégia que pode ser adotada no Brasil em muitas categorias de alimentos já que quase três em cada cinco dos consumidores (58%), concordam que "é melhor comprar menos de sua marca favorita do que mudar para uma opção mais barata".

Pesquisa, Mintel, Salgadinhos, Consumo

Leia também: Tendências para o setor de snacks. Estudo no Mundo do Marketing Inteligência. Conteúdo exclusivo para assinantes.

 





Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss