Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Venda anual de tablets cai no Brasil

Em 2015, foram comercializados cerca de 5,8 milhões de aparelhos, representando uma queda de 38% em comparação com 2014. A previsão para este ano é uma queda de 29%, segundo IDC

Por | 21/03/2016

bianca.ribeiro@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A venda anual de tablets caiu pela primeira vez no Brasil. Em 2015, foram comercializados cerca de 5,8 milhões de aparelhos, representando uma queda de 38% em comparação com 2014. A previsão para este ano é uma queda de 29%, segundo estudo realizado pelo IDC. Do total de tablets comercializados em 2015, 90% deles foram modelos convencionais e 111mil (1,2%), foram notebooks com telas destacáveis.

Entre outubro e dezembro de 2015, foram vendidos 1,4 milhão de unidades, resultando numa queda de 54% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita em 2015 foi de R$ 657 milhões e o terceiro trimestre foi o melhor do ano, com 1,43 milhão de unidades, 2% a mais do que o apresentado no mesmo trimestre em 2014.

A pesquisa aponta também que em 2014 o mercado brasileiro de tablets representava 4,1% de todos os aparelhos comercializados no mundo. Em 2015, a porcentagem caiu para 2,8%. Com isso, o país deixou a quarta posição do ranking mundial, em 2014, para ocupar a nona posição em 2015.

Ainda de acordo como estudo, o tablet deixou de ser novidade no país e, além disso, por conta das duas altas sucessivas do dólar, as empresas começaram a deixar o Brasil. Esses fatores combinados com a competição direta com os smartphones de tela maior e preços compatíveis resultaram na queda da comercialização do eletrônico.

Venda smartphones também cai
O mercado de smartphones também apresentou queda em 2015. Foram vendidos pouco mais de 47 milhões de celulares inteligentes entre janeiro e dezembro, representando uma queda de 13,4% em comparação a 2014, quando o país chegou a marca de 54,5 milhões de aparelhos vendidos. Conforme o levantamento do IDC, os feature phones encerraram o ano em queda de 74% com 4,2 milhões de unidades comercializadas.

Embora as vendas tenham sido menores, a receita apresentou um crescimento de 1,2% na comparação com 2014, ajudada pela alta de 17% no ticket médio, que passou de R$ 750,00 em 2014, para R$ 880,00 em 2015. 

Pesquisa, Tablet, IDC, smartphone

Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss