Varejo inicia ano com queda de quase 10% no movimento de consumidores | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Varejo inicia ano com queda de quase 10% no movimento de consumidores

Segmento de combustíveis e lubrificantes foi o único que cresceu (3,8%) em janeiro, segundo indica Serasa Experian de Atividade do Comércio. Índice registra maior queda desde 2002

Por | 04/02/2016

roberta.moraes@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O movimento de consumidores no varejo em janeiro recuou 9,6% em comparação ao mesmo mês de 2015. O dado é do o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, que registrou a maior retração interanual do comércio varejista desde o tombo de 11,2% observado em abril de 2002 (na comparação interanual contra abril de 2001). Em relação ao mês de dezembro do ano passado, já efetuados os ajustes sazonais, o recuo da atividade varejista em janeiro de 2016 foi de 1,1%.

A forte retração do movimento dos consumidores no comércio neste primeiro mês do ano prenuncia que, a exemplo do que foi o ano passado, 2016 deverá ser mais um ano de dificuldades para a atividade varejista. Juros altos, desemprego em ascensão e inflação elevada, que afetaram negativamente o comércio no ano passado, ainda devem continuar presentes em boa parte do ano de 2016.

Excetuando-se o segmento de combustíveis e lubrificantes, que cresceu 3,8%, todos os demais segmentos do varejo nacional registraram retração no primeiro mês de 2016 em relação a janeiro do ano passado: veículos, motos e peças (-20,4%); tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-15,3%); móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática (-13,1%); supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-6,7%); material de construção (-2,4%).

Já na passagem de dezembro de 2015 para janeiro de 2016, efetuados os devidos ajustes sazonais, as variações mensais foram: supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-1,0%); combustíveis e lubrificantes (-0,2%); tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-0,4%); veículos, motos e peças (3,0%); móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática (3,9%); material de construção (4,3%).

Varejo, Comércio, Crise, Venda, Serasa

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss