Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Publicidade

Sem WhatsApp, brasileiros travam sistema do Telegram

Após a Justiça de São Paulo ter determinado que as operadoras bloqueassem o acesso ao WhatsApp, o Telegram obteve 1,5 milhão de downloads em poucas horas

Por | 17/12/2015

bianca.ribeiro@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O Telegram passou a ser adotado pelos brasileiros como alternativa ao WhatsApp e por conta do grande número de cadastros de novos usuários, o sistema foi sobrecarregado nesta quinta-feira. Após a Justiça de São Paulo ter determinado que as operadoras bloqueassem o acesso ao WhatsApp, o Telegram obteve 1,5 milhões de novos downloads em poucas horas.

Quando o bloqueio passou a valer, a partir dos primeiros minutos desta quinta, o APP já havia sido baixado por 500 mil novos usuários, fazendo com que a base do APP não suportasse a demanda. Algumas pessoas chegaram a esperar até duas horas para receber o código de ativação, enviado por SMS para começar a utilizar a plataforma.

A decisão de bloquear o aplicativo se deu após o WhatsApp não cumprir uma determinação judicial de 23 de julho de 2015, investigação que corre em segredo de justiça. O anúncio do bloqueio da plataforma de troca de mensagens chamou a atenção de Mark Zuckerberg, cofundador do Facebook, que em fevereiro de 2014 comprou o WhatsApp por US$ 19 bilhões. Em seu perfil na rede social, Mark disse que este é "um dia triste para o país" e acrescentou "estou chocado que nossos esforços em proteger dados pessoais poderiam resultar na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp pela decisão extrema de um único juiz". Ele disse ainda que a companhia está trabalhando para o sistema voltar a funcionar o mais breve possível. Para não deixar os usuários sem opção de comunicação, o Facebook aproveitou a situação para estimular o uso de sua ferramenta. Alguns perfis receberam a mensagem: "Estamos trabalhando para restaurar o WhatsApp, utilize o Messenger".

Após a decisão judicial, a operadora de telefonia, Oi, entrou com o pedido Habeas Corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo para tentar suspender a decisão que determinou o bloqueio dos serviços do aplicativo no Brasil. A operadora alega que a medida é desproporcional e ilegal, por que o Marco Civil da Internet não permite que o provedor de serviços de telecom se responsabilize por atos de terceiros.

APP, WhatsApp, Telegram

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss