Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Mercado

Fitch Ratings tira selo de bom pagador do Brasil

Agência de classificação de risco rebaixou a nota do país de BBB- para BB+. O patamar ainda continua com perspectiva negativa, o que deixa a porta aberta para futuros cortes

Por Bianca Ribeiro - 16/12/2015

A Fitch Ratings rebaixou, pela segunda vez em dois meses, a nota do Brasil. Com a medida, o país perde o selo de bom pagador de mais uma agência de classificação de risco. Em setembro, a Standard & Poor’s já havia revisado para baixo a posição do país. Nesta quarta-feira, 16 de dezembro, a agência comunicou que passou de BBB- para BB+. Além disso, a nota continua com perspectiva negativa, o que deixa a porta aberta para futuros cortes. Em nota, a agência afirmou que “o rebaixamento do Brasil reflete o crescente peso da dívida pública do país, os crescentes desafios para consolidação fiscal e a deterioração do cenário de crescimento econômico”. 

A decisão já era esperada pelo mercado e pode representar a saída de recursos do país. Parte dos fundos de investimento internacionais exige o selo de bom pagador de pelo menos duas das três grandes agências para direcionar seus recursos. O Brasil agora é grau de investimento apenas pela Moody's, mas a nota está um degrau acima do nível especulativo e foi colocada em revisão há uma semana.

Brasil, economia, selo, Fitch Ratings