Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Pesquisa amostra 31,9 milhões de erros em endereços de e-mail

Pesquisa inédita realizada pela SafetyMails aponta que 31,9 milhões de endereços utilizados no Brasil contêm algum tipo de erro, como erros de identificação de domínio

Por | 07/12/2015

publicidade@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Cerca de 35% dos e-mails que formam as mailing lists brasileiras contêm algum tipo de erro. A constatação é da empresa SafetyMails, que está lançando a primeira edição da pesquisa "A Qualidade das Bases de E-mails no Brasil". O estudo, inédito no mercado brasileiro, analisou dados de 90,8 milhões de endereços eletrônicos de instituições no país e apontou que nada menos que 31,9 milhões de e-mails são inválidos, o que sugere que a higienização de bases precisa ser vista com mais atenção pelos gestores do marketing digital brasileiro. Tal resultado aponta que o SafetyScore  médio do mercado brasileiro é de apenas 47,09 pontos, um baixo índice que indica que o setor ainda precisa avançar muito em termos de qualidade de bases, fator fundamental que pode impactar positiva ou negativamente as campanhas de marketing e o alcance das metas e objetivos comerciais das empresas. 

Do percentual de e-mails inválidos verificados na pesquisa, 7,31% possuem erros de identificação de domínio (inativo ou incorretamente digitado) e 1,41% apresenta erros de sintaxe. Ou seja: quase 9% dos endereços verificados estão fora das características de configuração de e-mail, como os exemplos mostrados a seguir: nome@provedor.com / nome@provedor.com.br.

O volume predominante de e-mails verificados na Pesquisa SafetyMails pertence aos domínios mais conhecidos do mercado. A liderança é do hotmail, com 34,19% de share, seguido por gmail (11,57%), yahoo [.br] (7,33%), terra (5,62%), ig (3,76%), bol (3,12%), uol (2,69%), oi (2,11%) e globo (1,43%). 
Os resultados verificados na análise de e-mails inválidos por domínio alcançaram percentuais bastante robustos. Alguns, inclusive, acima ou próximo de 80%. O domínio itelefonica foi o que registrou maior número de e-mails inválidos dentro da amostra da pesquisa: 91,73%, seguido por oi (85,55%), globo (78,97%), terra (65,64%), yahoo (56,01%), ig (49,85%), uol (32,35%), bol (28,69%), hotmail (25,46%) e zipmail (22,63%). A pesquisa também sugere uma certa dose de atenção com os chamados e-mails corporativos. Tais endereços têm curta vida útil e podem causar problemas às bases se verificados em grandes quantidades.

Para a realização da pesquisa, a SafetyMails analisou consultas de validação de e-mails feitas por clientes em todo o território brasileiro, envolvendo uma grande variedade de instituições: desde ONGs a empresas micro e de grande porte; corporações nacionais e multinacionais; e representantes de segmentos como moda, informática, editorial, esporte, lazer, eletrônicos, telefonia, brinquedos, entre outros.

Pela melhoria da gestão e da qualidade dos bancos de dados de e-mails 
Endereços de e-mails inválidos são atualmente pesado fardo para todos os envolvidos na cadeia de e-mail marketing, seja para anunciantes, ESPs (os provedores de serviços de envio de e-mail marketing) ou provedores dos destinatários, que têm custos de banda e de servidores para tratar todas as mensagens recebidas diariamente para os assinantes. 

Para a SafetyMails, a pesquisa (que será feita a cada ano) ajudará o mercado a compreender melhor as necessidades urgentes que envolvem a correta gestão dos bancos de dados de e-mails, promovendo redução das taxas de bounces e custos de envio, o aumento da entregabilidade e a melhoria da reputação individual e coletiva do mercado brasileiro frente aos provedores de e-mails, que hoje consideram o Brasil um dos grandes enviadores mundiais de spam.
Os números, dados e informações desta pesquisa podem auxiliar na redução de riscos como bloqueios severos por parte dos provedores, inclusões em listas negras internacionais e perda de pontos na reputação dos servidores e dos domínios remetentes.

A SafetyMails acredita que esta pesquisa irá colaborar para que as empresas busquem melhorar as suas políticas de cadastramento de e-mails (opt-in), evitando erros comuns por falha humana e fraudes diversas. Acesse a pesquisa neste link.


 


E-mail marketing: potência das mídias digitais

 O e-mail marketing é uma das potências das mídias digitais, oferecendo o melhor retorno sobre investimento - ROI. Por essa razão, empresas de todos os segmentos, que antes o ignoravam, agora direcionam recursos para a execução de campanhas (muitas vezes, não levando em consideração conceitos básicos de estratégia digital, marketing de permissão, etc.). Já as empresas que utilizam essa ferramenta em suas estratégias de marketing, diante da forte retração da economia brasileira, agora intensificam suas atividades e ofertas por meio de campanhas de e-mail.

Esse fenômeno causa um impacto direto nos resultados de conversão, já que a concorrência pela audiência dos destinatários nas caixas de e-mail se intensifica consideravelmente. Inclua na equação um volume massivo de spam, resultado da equivocada (e perversa!) prática de compra de bases ou uso de bancos de dados defasados e desatualizados, sem qualquer tratamento na qualidade das informações.

Dentre os diversos aspectos que devem ser observados para alcançar sucesso em ações de e-mail marketing destacamos o que consideramos como o mais importante: a qualidade das bases de e-mails. Se não dispor de um conteúdo qualificado, as bases de e-mails - as grandes protagonistas deste mercado - simplesmente não contribuirão para o alcance das suas metas e públicos definidos. Sem qualidade, as bases de e-mails não farão a mágica acontecer.





Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss