Carro está entre os bens mais financiados pelo brasileiro | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Carro está entre os bens mais financiados pelo brasileiro

Por | 27/02/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Carro está entre os bens mais financiados pelo brasileiro
Agência Brasil

O agente de saúde Hélio Sales dos Santos, de 46 anos, sempre quis ter um carro zero quilômetro e há dez dias conseguiu parcelar em 72 vezes o pagamento de cerca de R$ 40 mil. Durante seis anos, ele pagará juros mensais de 1,38% e no final o carro sairá por quase R$ 70 mil. 

Santos diz que não fez as contas para chegar ao valor do carro quando acabar o financiamento, mas garante que valeu a pena. Segundo ele, essa é foi a única forma que encontrou de realizar seu sonho.

"Para se ter alguma coisa hoje, é preciso sacrifício, porque a gente trabalha para ter coisas melhores. Já que não se consegue comprar à vista, tem que comprar a crédito", avalia. E garante que só faz dívidas que caibam no bolso: "O importante é que nosso nome esteja limpo e que a gente arque com as prestações que vamos fazer".

Segundo o economista Elder Linton Alves de Araújo, os veículos estão entre os itens mais parcelados pelos brasileiros, especialmente na classe média. Segundo ele, o fato de o produto ser a própria garantia do financiamento faz com que os juros sejam mais baixos. "E essa garantia torna a compra mais atrativa, comparada com as demais modalidades", diz.

Além disso, de acordo com o economista, como os carros costumam ter uma certa durabilidade, ao final do prazo de financiamento ele ainda tem valor e pode ser usado inclusive para uma eventual troca.

Na avaliação do vice-presidente Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Andrew Storfer, esse tipo de financiamento não vale a pena: "Depois de três, quatro, cinco anos, ele [o consumidor] pagará um valor alto por um automóvel que já ficou velho." O consumidor, sugeriu, deve comprar com o mínimo de parcelas possível e procurar um produto valor que caiba no bolso, pagando menos juros.

O Banco Central anunciou hoje (26) que os juros do crédito ficaram mais caros para o cidadão. Na aquisição de veículos, a taxa passou de 28,8% anuais em dezembro de 2007 para 31,2% em janeiro deste ano.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss