Brasileiros têm poucas expectativas para o final de 2015 | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Brasileiros têm poucas expectativas para o final de 2015

Crise econômica, alta do dólar e desemprego são fatores que levam 32% dos entrevistados em pesquisa realizada a dizerem que em dezembro o país estará pior financeiramente

Por | 28/10/2015

bianca.ribeiro@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O pessimismo está tomando conta dos brasileiros, que têm poucas expectativas para o final de 2015. Com a crise econômica, alta do dólar e aumento do desemprego, os consumidores estão deixando de comprar. Três em cada dez entrevistados pela Hibou, acreditam que o país estará pior do que está hoje até dezembro e 25% dizem que a desvalorização da moeda é um dos principais fatores para o declínio do país.

Ao serem questionados sobre a inflação, 90% dos consultados afirmam que ações rotineiras como compras de alimentos no mercado ou feira tem sofrido com aumento constante. Outro fator estudado foi o uso de cartão de crédito parcelado ou limite do banco para realizar comprar após o dia 15 de cada mês, 34% dos entrevistados dizem cobrir seus gastos com cartão de crédito parcelado.

Para tentar melhorar este cenário, os brasileiros estão apostando as fichas no 13º salário, que deverá ser aproveitado por 30% dos entrevistados para o pagamentos de dívidas em atraso, na tentativa de iniciar o próximo ano com as contas equilibradas. O levantamento ouviu 1548 pessoas nas cidades de Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Brasília.

crise, Hibou, inflação

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss