Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Mulheres representam 45% dos superfãs do UFC no Brasil

As lutas de MMA estão mais populares entre as brasileiras do que o futebol, modalidade considerada paixão nacional, que atinge 34% deste público. O levantamento é da Ibope Rebucom

Por Roberta Moraes - 03/08/2015

As lutas nos octógonos têm dividido o público no Brasil. Diferente do que muitos podem pensar, as mulheres têm quase tanto interesse pelo esporte quanto os homens. Por aqui, 45% dos superfãs – aqueles que declaram ter “muito interesse” – do Ultimate Fighting Championship (UFC) são mulheres, de acordo com levantamento da Ibope Rebucom. Além disso, elas representam 50% do público que acompanha os eventos do UFC.

O interesse feminino no MMA (Mixed Martial Arts) supera, inclusive, a preferência por futebol, que é considerada a modalidade mais popular do Brasil e que atrai apenas 34% das mulheres. O status de celebridade dos lutadores, bem como o ambiente festivo e social do evento, que é assistido por grupos em festas e bares, são alguns dos fatores que motivam o interesse feminino pela modalidade. 

UFC, MMA, Luta, Mulheres