Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Hollister é acusada de inventar história da marca

CEO da Abercrombie & Fitch, Mike Jeffries teria criado origens para ela e outras etiquetas do grupo. Caso é semelhante ao da sorveteria Diletto, que também mentiu em storytelling

Por | 21/07/2015

renata.leite@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A marca de roupas Hollister está sendo acusada de ter ido longe demais em suas ações de storytelling e inventado a história da companhia, em um episódio semelhante ao vivido recentemente pela sorveteria Diletto. Segundo Dave Eggers, em artigo publicado pela revista The New Yorker, por anos, os funcionários da empresa de roupas foram orientados a falar sobre uma fictícia origem da marca.

Na narrativa, John M. Hollister teria nascido no fim do Século XIX e passado os verões, em sua juventude, nas praias de Maine, nos Estados Unidos. Formou-se em Yale em 1915, mas não se enxergava vivendo em Manhattan como um homem de negócios. Viajou então para a Índia, onde teria comprado um plantação para produção de borracha, em 1917. Lá, teria se apaixonado por uma mulher chamada Meta, com quem velejou pelo Pacífico garimpando artesanatos das localidades por onde passaram. Em 1919, atracaram em Los Angeles e por lá ficaram.

Tiveram um filho, John Júnior, e abriram uma loja em Laguna Beach, onde vendiam os artesanatos da região do Pacífico, como móveis, joias, roupas de cama e outros itens. Quando John Júnior assumiu o negócio dos pais, incluiu roupas de surfe e outros materiais do esporte ao portfólio. Levando seu sobrenome, a marca teria crescido ao longo do tempo, tornando-se globalmente reconhecida.

Essa seria apenas uma das histórias inventadas por Mike Jeffries para as marcas da companhia Abercrombie & Fitch, da qual é CEO. A história real da Hollister teria começado em 2000 - e não 1922 -, com a abertura da primeira loja em Columbus, Ohio, já como parte da holding. Desde então, alcançou uma enorme penetração no mercado, alcançando 587 lojas ao redor do globo em 2013. O autor do artigo ainda destaca que as roupas vendidas pela empresa costumam ser bem parecidas com as peças de outras marcas como Target e Walmart, mas custam pelo menos três vezes mais.

Hollister, Abercrombie & Fitch, storytelling, Diletto
 





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss