Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Primeiro semestre registra queda recorde nas vendas a prazo

Recuo foi de 2,64% se comparado ao mesmo período do ano anterior. Em junho, retração foi de 3,42%, quinta queda consecutiva do indicador anual. Resultado reflete momento econômico

Por | 06/07/2015

renata.leite@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os brasileiros estão menos inclinados a se endividar por meio de compras a prazo, segundo mostram dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O primeiro semestre deste ano registrou queda recorde nas consultas, em um recuo de 2,64% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em 2014, o acumulado do mesmo período apresentou recuo de 1,41% frente a 2013.

O número de consultas para vendas a prazo no banco de dados do SPC Brasil e da CNDL caiu 3,42% em junho na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Essa foi a quinta queda consecutiva do indicador anual. O resultado reflete a desaceleração da economia, com inflação elevada, altas taxas de juros e o aumento do desemprego.

Na comparação mensal, de junho 2015 sobre maio 2015, as consultas para vendas parceladas registraram queda de 2,77%. As datas comemorativas contribuíram para essa variação. As vendas no Dia dos Namorados caíram 7,82% em relação ao ano passado, e não foram suficientes para impulsionar o volume total de vendas em junho. Em contrapartida, no mês anterior, o indicador subiu 4,43% devido ao Dia das Mães.

SPC Brasil, CNDL, venda a prazo, crise

Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss