Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Publicidade

Xiaomi inicia operações no Brasil nesta terça

Chinesa apresenta os seis produtos homologados pela Anatel, que estarão à venda no país a partir do dia sete de julho. Smartphone Redmi 2 será comercializado por R$ 499,00

Por | 30/06/2015

priscilla@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A Xiaomi iniciou oficialmente suas operações no Brasil, nesta terça, dia 30, em São Paulo e anunciou o início das vendas para sete de julho. Os consumidores já podem reservar alguns dos itens. Apenas seis produtos da marca chinesa foram homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sendo dois smartphones. O primeiro deles a chegar ao país será o Redmi 2, um aparelho intermediário que irá concorrer com o Moto G, Lumia 730 e Zenfone 5.

Ele possui dual-4G, tela de 4,7 polegadas com resolução HD, capacidade para dois chips e 4G com conectividade em ambas as entradas - uma novidade no mercado brasileiro. Além disso, existe a promessa de ter uma bateria com 25% a mais em durabilidade do que o do iPhone 6. O preço sugerido é de R$ 499,00. O destaque da companhia é o sistema MIUI, com uma configuração Android que lembra a do iPhone e recebe atualizações semanais.

Alguns acessórios estão incluídos na lista de lançamentos, como o Mi Power Bank, uma bateria externa de 10.400 mAh, que pode carregar até três vezes o Redmi 2. O item chega ao mercado por R$ 99,00. Outra novidade é a pulseira inteligente da empresa, voltada para os amantes de atividades físicas, que será comercializada por R$ 95,00. O produto é a prova d´água, vem em diversas cores e promete uma bateria com duração de pelo menos 30 dias. Além disso, o artigo funciona como uma autenticação do usuário, permitindo que o celular seja desbloqueado sem a necessidade de colocar uma senha.

Assim como é feita nos demais países em que atua, a base de vendas será online. O site da empresa abrirá uma inscrição de pré-venda no Brasil a partir das 16:00 desta terça. A loja virtual será aberta oficialmente no dia sete de julho. A fabricação dos itens estão sendo feitos na Foxconn, em Jundiaí. Os primeiros aparelhos, no entanto, foram importados enquanto não há uma quantidade suficiente produzida pela linha de montagem brasileira. O aparelho da empresa chinesa foi o mais vendido no país oriental, com 12,5% de market share. Foram 18 milhões de aparelhos adquiridos em 2013 e 61 milhões em 2014.

Xiaomi, Smartphone, Mobile

Xiaomi, Smartphone, Mobile

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss