Empresário responde a pichação com promoção | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Empresário responde a pichação com promoção

Muro recém-pintado recebe a intervenção nada bem-vinda, mas proprietário reage com bom-humor e aproveita para baixar preços e chamar a atenção para a loja de móveis

Por | 16/03/2015

renata.leite@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Muitos comerciantes passam pelo mesmo problema: é só pintarem o muro de seus estabelecimentos que aparece alguém para fazer uma intervenção ali, seja pichando ou colando cartazes. Como afastar essas pessoas é o dilema pelo qual se deparam. O proprietário da Lojas Tradição, localizada em Bauru, interior de São Paulo, optou por prender um aviso de proibido colar cartazes, em sua parede externa laranja. Não demorou para aparecer uma outra mensagem abaixo: "Pode pixa (sic)?", escrita em tinta spray preta.

O proprietário Raphael Ferraz decidiu então fazer do limão uma limonada. Respondeu com outro aviso. "Mais legal que pixar (sic) é economizar. Entre na loja e negocie com nossos vendedores #lojastradição". No Facebook, a marca explica ação: "Entramos na brincadeira e por isso vamos oferecer descontos especiais esse mês na loja! Quem aí passou na Av. Rodrigues Alves e já tinha visto esse muro?".

O post demonstrou como a iniciativa pode ter sido eficaz para chamar atenção para a unidade. As fotos do antes e depois ganharam 1.666 curtidas até a tarde desta segunda-feira, número maior do que o de likes do perfil da marca do Facebook, que é de apenas 792. Foram 192 compartilhamentos.

Antes de receber a pintura, o muro da loja funcionava como um mural de propagandas de eventos da cidade. Alguns dos cartazes chamavam para shows de cinco anos atrás. "Deu bastante trabalho para retirarmos tudo e pintarmos. Colocamos a placa apenas para não colarem mais cartazes, pois acabava deixando uma imagem feia para a loja. Depois de um mês, mais ou menos, surgiu essa primeira pichação. Pensamos em pintar novamente, mas, com a correria do dia a dia, foi ficando. Notei que algumas pessoas passavam, olhavam, riam e tiravam fotos da mensagem do pichador", conta Raphael Ferraz. 

A loja fica em uma avenida bastante movimentada de Bauru, inclusive com um ponto de ônibus e um sinal em frente. Isso incentivou o empresário a aproveitar a exposição. "A repercussão foi boa e muita gente tirou foto, deu risada e gostou da ideia", complementa Ferraz. 

 

Pichação, Lojas Tradição

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss