Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Carrefour vende 10% de suas operações brasileiras a Abilio Diniz

Participação acionária da empresa de investimentos Península pode chegar a 16% nos próximos anos. Rede francesa deve investir mais no país para enfrentar concorrentes

Por Renata Leite - 19/12/2014

O Carrefour vendeu 10% das operações de sua unidade brasileira à empresa de investimentos Península, na quinta-feira, por 525 milhões de euros (R$ 1,8 bilhão). A transação marca o retorno de Abilio Diniz ao mercado supermercadista, depois da saída do empresário, no ano passado, do Grupo Pão de Açúcar, companhia fundada por seu pai. A participação acionária na marca francesa poderá chegar a 16% nos próximos cinco anos.

A operação aponta para uma maior atenção do Carrefour em relação ao mercado brasileiro, que recebeu poucos investimentos da rede na última década. O panorama vem mudando há dois anos, o que deve ser intensificado a partir de agora.  A companhia informou que ainda não pretende abrir seu capital na bolsa de valores, embora a chegada de Abilio Diniz possa acelerar esse movimento.

A transação também está de acordo com o plano anteriormente anunciado por Georges Plassat, Chairman e CEO do grupo Carrefour, de trazer investidores externos para o capital de sua subsidiária brasileira para reforçar os seus laços locais e apoiar o seu crescimento. Com vendas de mais de R$ 34 bilhões em 2013, o Brasil é o segundo maior mercado da companhia.

A intensão é renovar e expandir a rede de lojas (com as bandeiras Carrefour, Carrefour Bairro e Atacadão) e desenvolver novos formatos de conveniência sob as bandeiras Express e Supeco. O Carrefour também está preparando o relançamento de suas atividades de e-commerce para o segundo semestre de 2015 e o desenvolvimento de seus ativos imobiliários em torno de algumas de suas unidades.

Carrefour, Abilio Diniz, Península