Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Marca

Friboi rompe contrato com Roberto Carlos e paga indenização milionária

Briga por conta do valor da multa leva empresa e cantor para a Justiça. O Rei queria R$ 7 milhões, enquanto fabricante estava disposta a pagar R$ 3,2 milhões

Por Renata Leite - 10/11/2014

O cantor Roberto Carlos não é mais garoto-propaganda da Friboi. O rompimento do contrato da JBS com a personalidade, que anunciou em um comercial de televisão que havia deixado o vegetarianismo, gerou uma briga judicial sigilosa por discordâncias em relação ao valor a ser pago de indenização. O Rei queria R$ 7 milhões, enquanto a fabricante só estaria disposta a pagar R$ 3,2 milhões. Ambas as partes já teriam chegado a um acordo na última semana, embora o valor final não tenha sido divulgado.

O contrato firmado no início do ano no valor de R$ 45 milhões previa a realização de duas campanhas: o anúncio que foi ao ar em que Roberto Carlos apareceu diante de um bife da marca e outra ação dirigida para os consumidores dos Estados Unidos, que não chegou a ir adiante. O comercial exibido no Brasil recebeu muitas críticas dos consumidores, que questionavam o fato de o cantor não ter nem tocado no pedaço de carne.

Fato é que Roberto Carlos não passou credibilidade no papel, diferentemente do que ocorreu com Tony Ramos, que segue à frente das peças publicitárias da fabricante. Estes não são os únicos famosos que emprestam seus rostos para as campanhas da J&F, controladora da JBS. A Seara tem como garota-propaganda a jornalista Fátima Bernardes e o amaciante Minuano, Malu Mader.

Friboi, Roberto Carlo, indenização

Leia também: Propósito da Marca. Estudo no Mundo do Marketing Inteligência.

Próposito | Valor | Marca | Branding | Posicionamento