Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Publicidade

Torcedores não lembram as marcas que patrocinam seus times

56,6% não conseguem citar sequer um apoiador da equipe que acompanha, o que é um sinal de que o trabalho de Marketing dessas empresas não está alcançando resultados satisfatórios

Por | 24/09/2014

renata.leite@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A maioria dos brasileiros não se lembra das marcas que patrocinam seus times de futebol, segundo pesquisa realizada pelo Ibope em parceria com o Lance!. Entre os torcedores abordados, 56,6% não conseguem citar sequer um apoiador da equipe que acompanha, o que é um sinal de que o trabalho de Marketing dessas empresas não está alcançando os resultados almejados com o investimento. As companhias com mais tempo de relacionamento junto aos clubes, como BMG (Atlético Mineiro), Unimed (Fluminense) e Banrisul (Internacional e Grêmio), são as que atingiram maiores índices de percepção.

Os resultados negativos são causados por uma série de fatores: contratos curtos de patrocínio; clubes com uniformes poluídos pela exposição excessiva de logotipos; e escassez de projetos de construção de marca conjunta. As companhias ainda se apoiam principalmente na divulgação no uniforme e na visibilidade na TV, quando outras ações de relacionamento com os torcedores poderiam ser desenvolvidas.

A parceria entre a BMG e o Atlético Mineiro é líder de lembrança, com índice de 38%. Em seguida, aparece a Unimed com o Fluminense, com 34,4%, e o Barisul com os dois rivais gaúchos, Internacional e Grêmio, com 32,6% de lembrança em relação ao primeiro time e 31,4% com o segundo. O BMG, que também aposta nos dois principais clubes mineiros, reaparece com 30,4% nas camisas do Cruzeiro. Depois, vem a Guaraviton, com 20,4% por sua parceria com o carioca Botafogo.

Ranking dos sem lembrança
Curiosamente, justamente os grandes clubes são aqueles cujos patrocinadores passam mais despercebidos pelos torcedores. Alguns, quando lembram, mencionam antigas parcerias como a da Parmalat com o Palmeiras (10,3% de lembrança entre os alviverdes), que terminou há mais de uma década. De nove dos 12 principais clubes brasileiros os próprios torcedores não souberam citar nenhum patrocinador.

O ranking dos sem lembrança tem São Paulo e Santos empatados com 61,1% na liderança, seguidos por Flamengo, com 58,9%; Corinthians, com 57,9%; Vasco, 57,3%; Botafogo e Palmeiras, 55,9%; Grêmio, 51,7%; Cruzeiro, 51,6%; Fluminense 48,8%; Internacional, 42,5% e Atlético MG, 38,8%.

Marketing esportivo,futebol,patrocinio,time        Marketing esportivo,futebol,patrocinio,time

Leia também: Marketing Esportivo ainda trilha caminho para maturidade no Brasil. Estudo do Mundo do Marketing Inteligência.

Mercado | Marketing Esportivo | Posicionamento | Marca

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss