O que pensam os brasileiros sobre a segurança dos produtos de limpeza | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

O que pensam os brasileiros sobre a segurança dos produtos de limpeza

Estudo da Mintel mostra que 85% da população teme envenenamento por conta das substâncias usadas na fabricação dos itens para higienização do vestuário

Por | 19/09/2014

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe
Os brasileiros valorizam bastante a saúde e a segurança dos filhos, já que 85% dos entrevistados para o relatório Produtos para Lavar Roupas, da Mintel, afirmaram que se preocupam com o risco de crianças serem envenenadas por produtos para lavar roupas armazenados em casa. Esta é a declaração comportamental de maior expressão na pesquisa, quando apresentada uma série de afirmações para o consumidor que tinha a possibilidade de concordar ou discordar delas.
 
A preocupação com a segurança das crianças não se limita à área de serviço. Os adultos temem que os pequenos sejam envenenados por qualquer produto de limpeza, e às vezes até por comida e bebida. No entanto, produtos para lavar roupa são normalmente mais coloridos e perfumados do que os equivalentes para cozinha. Isso pode representar uma barreira forte para produtos para lavar roupa embrulhados individualmente, que muitas vezes assemelham-se a doces.
 
Surpreendentemente, os fornecedores ainda não atendem a este interesse, e praticamente não existem produtos para lavar roupa que enfatizem a saúde e a segurança das crianças. Tampas de proteção infantil, por exemplo, são bastante difundidas na Europa, porém muito raras no Brasil. Os fornecedores podem superar essa barreira ao salientar posicionamentos de segurança e criar dispositivos que protejam as crianças. A produção de detergente em pó que não seja atraente, além de inofensivos para crianças, é uma alternativa.
 
Quase quatro em cada cinco brasileiros estariam interessados em produtos para lavar roupa com fragrâncias novas ou aprimoradas. Esta conclusão tem como base o relatório Fragrâncias para Homens e Mulheres - Brasil - fevereiro 2013, onde a Mintel revelou que os brasileiros gostam muito de perfumes. De acordo com o documento, mais de um em cada dez consumidores (92%) usa algum tipo de fragrância (tais como perfume, colônia ou loção corporal perfumada). 
 
 
No extremo oposto do espectro, as pessoas demonstraram pouco entusiasmo por produtos sem perfume, confirmando os resultados acima descritos.
 
A mesma pesquisa da Mintel revela que 82% dos brasileiros prefere produtos naturais para lavar roupa com ingredientes naturails. Outro dado importante é que
quase quatro em cada cinco brasileiros, 78%, preferem produtos "bio", revelando um potencial muito forte para posicionamentos em torno destas três letras.
 
Uma das perguntas feitas aos entrevistados foi se eles associavam ou não a palavra "bio" com produtos para lavar roupa que são bons para o ambiente e com produtos que são bons para a pele. A resposta positiva foi, mais uma vez, esmagadora: 81% e 82% dos consumidores afirmaram que "sim".
 
Isto significa que os brasileiros esperam beneficio duplo de produtos biodegradáveis em termos de saúde da pele e do planeta. Os fornecedores devem desenvolver apelos para produtos biodegradáveis de acordo, lembrando os consumidores das múltiplas vantagens que oferecem.
 
 
Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss