Flamengo foca no sócio-torcedor para chegar aos 5 maiores do mundo | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Flamengo foca no sócio-torcedor para chegar aos 5 maiores do mundo

Clube oferece vantagens na compra de ingressos e descontos em produtos oficiais. Entre os projetos, estão a expansão da rede de lojas e a criação de um cartão de crédito

Por | 28/08/2014

luisa@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A nova meta do Flamengo é se posicionar entre os cinco maiores clubes do mundo. Para isso, o time precisa atingir o faturamento anual de R$ 1 bilhão. A tarefa esbarra em uma dívida de R$ 600 mil herdada da última gestão. Para equilibrar a saúde financeira, o clube investe em uma nova estratégia de Marketing que conta com o apoio da Adidas e inclui a criação de um cartão de crédito licenciado, franquias da loja oficial do time, venda de ingressos de jogos em múltiplos canais e benefícios diferenciados para torcedores de fora do Rio de Janeiro.

Além dos projetos novos, a empresa reforça a sua relação com os patrocinadores e com os sócios-torcedores, que juntos são responsáveis por mais de 50% do faturamento anual. O apoio de empresas parceiras traz para a equipe rubro-negra cerca de R$ 90 milhões. Já as receitas geradas pelas contribuições de sócios-torcedores e bilheteria somam R$ 75 milhões. Esse segundo grupo reúne 55 mil pessoas, com um tíquete médio mensal de R$ 50,00.

Em 2013, o faturamento rubro-negro foi de R$ 273 milhões e projeta para 2014 um crescimento da ordem de 27,9% com arrecadação de R$ 320 milhões. "O Flamengo quer trabalhar a sua imagem e fazer isso envolve todas as ações como patrocínios, eventos e parceiros. Para isso, o clube contratou várias agências para desenvolver produtos que carreguem a marca do Flamengo. Estamos falando de um universo em que 80% dos torcedores está fora do Rio de Janeiro, é um potencial enorme, do tamanho do Brasil", diz Isabela Vasconcellos, Professora de Marketing da ESPM Rio, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Geração de experiência para Sócios-Torcedores
O financiamento que vem das contribuições mensais dos sócios-torcedores é a terceira principal fonte de renda do clube, atrás apenas dos direitos em transmissões de televisão e dos patrocínios de marcas. "Tivemos o maior crescimento já visto para um programa de sócios-torcedores no período de 12 meses. Estamos à frente de outros grandes times como Corinthians e Santos. Quando chegarmos à marca de 500 mil títulos desses estaremos no nível do Barcelona, por exemplo", diz Bruno Spindel, Diretor de Marketing do Flamengo, em entrevista ao Mundo do Marketing.

O programa concede benefícios aos associados como isenção de taxas de conveniência nos ingressos adquiridos pela internet e descontos na compra de produtos nas lojas licenciadas. Recentemente a empresa passou a oferecer benefícios de experiência como participação nas coletivas pós-jogo e visitas ao centro de treinamento. "Queremos entregar mais do que felicidade, queremos que o torcedor tenha experiência também. Em uma ativação, o melhor jogador da partida recebeu um carro da patrocinadora Peugeot e quem entregou a chave foi um sócio-torcedor", conta Bruno Spindel.

O próximo passo que o clube está programando é a criação de um cartão de crédito próprio, ainda sem bandeira definida. O projeto deve se tornar realidade até o fim do ano e servirá como cartão comum e também como comprovante de sócio-torcedor para resgate dos benefícios. "Estamos relativamente avançados. É possível que saia até o final do ano. Só tem prós nesse projeto, pois vamos transformar o cartão ingresso em um meio de pagamento", analisa o Diretor de Marketing do Flamengo.

Loja licenciada
Outra aposta do clube são as lojas licenciadas. Atualmente são 46 unidades em funcionamento e a empresa pretende atingir a marca de 300 pontos de venda até 2017. O investimento médio para a abertura de uma unidade é de R$ 400 mil, a empresa oferece a identidade visual, os fornecedores e treinamento de equipe. A intenção é que, em médio prazo, o modelo de franquias seja adotado para aumentar a velocidade de expansão. "Brevemente, os proprietários das lojas oficiais poderão concentrar os seus pedidos em uma central que fará o relacionamento com os fornecedores", diz Bruno Spindel.

Os pontos de venda personalizados vão além da venda de produtos. A intenção central é tangibilizar a marca e aumentar a intensidade do relacionamento entre o torcedor e o clube. "Entendemos que as lojas também fazem parte da rede de relacionamento do Flamengo, que é mais ampla. O sócio-torcedor vai ter descontos especiais e os outros torcedores também poderão ter uma experiência mais próxima com o clube. Queremos promover uma atmosfera que lembre o time que o consumidor assiste jogar", conta o Diretor de Marketing do Flamengo.

Flamengo, clube, time, sócio, patrocinio

Leia também: Marketing Esportivo ainda trilha caminho para maturidade no Brasil. Estudo do Mundo do Marketing Inteligência.

Mercado | Posicionamento | Marca | Marketing Esportivo

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss