Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Mercado

Copa do Mundo foi positiva para anunciantes

Marcas que apostaram no evento tiveram reconhecimento nas redes sociais, segundo estudo do IBOPE Inteligência. Atitudes após a derrota da seleção também foram observadas

Por Priscilla Oliveira - 26/08/2014

As marcas que apostaram na Copa do Mundo em suas ações tiveram bons resultados, segundo estudo do IBOPE Inteligência. Apesar da derrota da Seleção Brasileira, as empresas patrocinadoras e apoiadoras do evento e da CBF obtiveram uma grande exposição espontânea nas redes sociais associadas a sentimentos positivos. O faturamento foi de 6% a mais para quem aportou recursos para o mundial. Mesmo os não patrocinadores converteram, com 3% a mais de ganhos.

Em mais de 80 campanhas analisadas pelo instituto, pelo menos 12 marcas tiveram taxas de conhecimento, interação e compra acima da média. As ações que trouxeram maior retorno foram lançamento de produtos temáticos, brindes para presentear o torcedor e descontos nos produtos. Após a derrota do Brasil para a Alemanha, algumas companhias retiraram do ar os comerciais, o que gerou 41% de reação negativa dos internautas, que comentaram que novas ações poderiam ter sido criadas. As marcas que mantiveram ou criaram novos comerciais de apoio ganharam apoio dos consumidores.

Copa do Mundo, anunciantes

Leia também: Oportunidades para a Copa do Mundo de 2014. Pesquisa do Mundo do Marketing Inteligência.

Comportamento do Consumidor | Marketing Esportivo | Copa do Mundo | Planejamento Estratégico