Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Nestlé inclui bem-estar animal nas normas para fornecedores

Empresa não comprará mais de fazendas que adotem práticas consideradas cruéis com animais. Fabricante assinou acordo com a ONG World Animal Protection

Por Renata Leite - 22/08/2014

A Nestlé passará a exigir o cumprimento de normas mais rigorosas em relação ao bem-estar animal nas fazendas que abastecem a companhia com matérias-primas como leite, carne e ovos. O novo posicionamento inclui ainda ações de responsabilidade social, dentro do conceito de Criação de Valor Compartilhado. As novas diretrizes fazem parte de um acordo da fabricante com a World Animal Protection, ONG que luta para combater práticas cruéis com animais de todo o mundo.

Para assegurar que novos padrões sejam cumpridos nas fazendas, a Nestlé contratou a empresa SGS, que atua com auditoria de processos organizacionais em diversas setores e indústrias. A empresa ficará responsável por fiscalizar a implantação dos novos métodos. Centenas de fazendas já passaram pela inspeção, sem aviso prévio, sendo todas acompanhadas por representantes da World Animal Protection.

Quando uma violação é identificada, a Nestlé oferece suporte para o fornecedor reverter o quadro de não conformidade e, se a empresa se demonstrar incapaz de melhorar, ela não poderá mais fornecer suas matérias-primas à Nestlé.

Nestlé, World Animal Protection, responsabilidade social, proteção animal

Leia também: Quem são os pet lovers brasileiros. Pesquisa do Mundo do Marketing Inteligência.

Animais de Estimação | Comportamento do Consumidor | Mercado Pet