4 grupos que compõem os consumidores de Produtos para Cuidado Faciais | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

4 grupos que compõem os consumidores de Produtos para Cuidado Faciais

Conjunto se divide entre os "influenciados por celebridades", "buscadores de preços e promoções", "pouco envolvidos com as marcas" e os "tradicionais"

Por | 21/01/2014

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

De acordo com o perfil do consumidor de produtos para cuidado facial, a Mintel os dividiu em quatro grupos. Os consumidores influenciados por preço e promoções estão procurando produtos para o rosto que sejam acessíveis e em promoção. O grupo formados por consumidores influenciados por celebridades, por sua vez, tem maior probabilidade de serem de classes econômicas mais baixas (C2 e DE). Os consumidores tradicionais, por sua vez, são na maioria homens, e para conquistá-los é preciso oferecer produtos simples que se aproximem de outros produtos aos quais já estão acostumados. E os consumidores do grupo dos pouco envolvidos têm pouco interesse na categoria, apesar de apresentarem o maior potencial em relação à experimentação de novos produtos.

Os buscadores de preço e promoção representam 35% dos adultos, o maior grupo. A característica principal deste grupo é o fato de que eles são os mais propensos a comprar produtos que estejam em promoção. A maioria deles também indica que compraria mais produtos de cuidados com a pele do rosto se fossem mais baratos.
É importante que os produtos transmitam claramente o seu custo-benefício a este grupo. Além disso, programas de fidelização ou até mesmo versões menores, de baixo custo , podem atrair estes consumidores. A fim de atrair esses consumidores é importante que as empresas pensem em lançamentos de produtos e estratégias de comunicação com foco no custo-benefício.

O grupo de influenciados por celebridades representa 28% do consumidor brasileiro, constituindo o segundo maior grupo de consumidores de produtos de cuidados com a pele do rosto. Em relação a média dos consumidores de produtos para o rosto, esse comportamento é realmente um destaque, pois a recomendação de celebridades é uma das atitudes menos citadas pelos consumidores brasileiros. Uma característica relevante dos influenciados por celebridades está no perfil das classes econômicas. Assim é preciso concentrar-se nas classes C2 e DE quando se quer utilizar celebridades para recomendar produtos para o rosto.

Outro perfil constatado na pesquisa são os Consumidores Tradicionais. O terceiro grupo identificado pela análise de segmentação Mintel trata exatamente dessa característica e 77% das pessoas deste grupo afirmam que preferem usar produtos que já conhecem a experimentar itens novos. Eles são menos sensíveis a preço e promoção e por isso a principal estratégia para atingi-los é realmente a comunicação para tornar os produtos mais próximos e mais conhecidos.

Os consumidores deste grupo não são muito envolvidos com a categoria. Eles não procuram por produtos para áreas específicas do rosto e nem se preocupam em buscar produtos que não deixem a pele oleosa. Os homens são o destaque deste grupo, e para atraí-los é importante que produtos para o rosto se aproximem de produtos que eles já utilizam como desodorantes, cremes e loções pós-barba.

Por último, o grupo de "Pouco envolvidos" (15%) mostra níveis mais baixos de acordo com todos os comportamentos e atitudes principais em relação ao uso de produtos de cuidados com a pele do rosto. A maior parcela desse consumidor pertence as classes AB, 17%, e sao concentrados na regiao centro-oeste, 20%. Esse grupo apresentou a menor concordância em termos de ser melhor usar produtos aos quais já estão acostumados, do que experimentar produtos novos, em apenas 3%, em comparação com a média de 77% dos usuários de produtos para o rosto, indicando que poderia haver potencial para impulsionar o uso e interesse por este grupo com novos produtos inovadores. A atitude mais citada por este grupo deixa claro que eles querem experimentar produtos antes de comprar, e isso pode ser a melhor maneira de atraí-los.

 

Segmentação de acordo com as atitudes dos consumidores em relação aos produtos de cuidados com a pele do rosto

Base: 1.229 adultos com idade acima de 16 anos que usam produtos de cuidados com a pele do rosto (incluindo usuários exclusivos de sabonetes)

Fonte: Ipsos Observer Brasil/Mintel 

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss