Brasileiros consomem mais café premium | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Brasileiros consomem mais café premium

25% dos consumidores nacionais dão preferência aos grãos de maior valor agregado, cafés gourmets e gelados. País consumiu 1.230.000 toneladas em 2012

Por | 15/07/2013

bruno.garcia@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os brasileiros estão consumindo mais café premium. O relatório "Cafés" aponta que 25% das pessoas preferem comprar variedades mais sofisticadas a marcas comuns. O documento foi produzido pela Mintel e mostra que 29% das pessoas das classes A e B preferem café premium, enquanto esse número é de 23% tanto nos grupos C1/C2 quanto nos D/E. Atualmente, 84% dos brasileiros declaram beber café, tornando o país o segundo maior mercado do mundo, com consumo estimado em 1.230.000 toneladas em 2012.

A taxa de consumo per capita brasileira é alta: 6,31 kilos por pessoa, contra 4,62kg nos Estados Unidos e 2,77Kg no Reino Unido. Apesar disso, o gasto anual do consumidor ainda é baixo quando comparado a outros país. Um brasileiro gasta em média US$ 18,17 com café, enquanto nos Estados Unidos este valor é de US$ 30,79. Esta diferença deve diminuir nos próximos anos, já que a exigência está aumentando em relação a este produto. A Mintel estima que os dois países crescerão a uma taxa similar de 4,4% em 2016 no que tange o consumo da bebida.

Além do maior poder de compra, a expansão das cafeterias é apontada como um dos principais fatores para o desenvolvimento da demanda por cafés gourmet ou especiais. Os consumidores muitas vezes têm seu primeiro contato com esta categoria de produtos nestas lojas. Entre os brasileiros que preferem o café premium, 32% dizem consumi-los em uma cafeteria. Em segundo lugar estão bares e padarias, com 30%, seguido de restaurantes com 27% e o próprio lar, com 25%. Também é nas cafeterias que a maior parte dos brasileiros experimentas novos tipos de café: 38% dos ouvidos pela Mintel.

Na relação entre consumo e faixa etáira, 93% das pessoas com mais de 55 anos afirmam beber café, percentual que diminui juntamente com a idade: na faixa entre 16 e 25 anos, 74% declaram consumi-lo. A relação é inversa quando se fala em cafés de maior valor agregado, onde 12% dos consumidores entre 16 e 25 anos dão preferência aos cafés especiais e/ou gelados. Este percentual cai para 5% na faixa entre 45 e 55 anos.

pesquisa ,premium,brasil,café ,mintel

café,premium,mintel,pesquisa,brasil

Aproveite e leia também: Consumo deve movimentar R$ 3 trilhões em 2013. Pesquisa exclusiva para assinantes +Mundo do Marketing. Acesse aqui.


 

Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss