Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Digital

Plizter foca em customização para social commerce

Plataforma permite que internautas criam perfil de produtos e marcas preferidos e recebam dicas personalizadas. Em uma semana no ar, fanpage do site conta com mais de 51 mil fãs

Por Luisa Medeiros - 06/06/2013

Com foco em customização no social commerce, o Plizter foi criado para melhorar a comunicação das empresas com o consumidor final. A plataforma conta com 300 empresas cadastradas e mais de 51 mil fãs no Facebook em menos de uma semana no ar. O sistema monta sugestões de produtos e marcas de acordo com as preferências selecionadas e buscas realizadas pelos internautas. Os produtos personalizados podem ser compartilhados por meio do Facebook ou Twitter e recomendados para os amigos que também tiverem um perfil ativo na plataforma.

No primeiro acesso, o visitante pode preencher suas preferências entre categorias como moda feminina ou masculina, tecnologia e decoração, além de refinar por marcas e características do produto. A partir desta ficha, o site passa a fazer sugestões em um feed de produtos personalizado. Além dos itens segmentados é possível também acessar artigos indicados por amigos ou que façam parte das coleções dos e-commerces curtidos. “Para conhecer ainda mais o consumidor criamos a opção ‘plistar’: ‘P’ de preferência junto com listar. Isso permite ao usuário listar suas preferências e compartilhar com os amigos. Toda essa relação acontece dentro do site e pode ser compartilhada nas redes sociais”, conta  Rafael Pereira Passos, Sócio Fundador do Plizter, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Esse sistema baseado na segmentação viabiliza a diversificação do público. O objetivo da plataforma é funcionar como um shopping personalizado. “O Plizter permite à pessoa selecionar suas preferências. Isso nos dá um público bem misturado: os homens buscam mais moda masculina e tecnologia, enquanto as mulheres procuram moda feminina e decoração. Mas o principal ponto é poder montar uma loja personalizada com aquilo que a pessoa realmente quer receber”, explica Rafael Pereira Passos.

Para continuar conquistando novos seguidores, a empresa investe na ampliação do seu portifólio e planeja a inclusão de novas categorias. “Temos um robô que identifica os e-commerces e já temos mais de 1.200 lojas em fase de mapeamento. Ainda estamos recém-chegados ao mercado e para ganhar relevância contamos com os conselhos do nosso investidor anjo e feedbacks dos usuários. Uma das sugestões que pretendemos executar é uma sessão com ideias ‘fora da caixa’, porque percebemos que na dose certa as pessoas também gostam de receber coisas que não fazem parte exatamente do seu perfil, até como curiosidade”, complementa o fundador do Plizter, em entrevista ao Portal.