Ida de Neymar para Barcelona é positiva para marcas patrocinadoras | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Ida de Neymar para Barcelona é positiva para marcas patrocinadoras

Atleta continuará em evidência no Brasil devido à importância do Barcelona e do Campeonato Espanhol de Futebol, e à eminência dos grandes eventos esportivos no país

Por | 29/05/2013

anapaula@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Licenciamento,futebol,patrocinio,NeymarA ida de Neymar para o Barcelona representa uma mudança para o jogador, para o seu antigo time, o Santos, e também para as marcas associadas a ele. Apesar de a coordenação de agendas ser uma dificuldade e de, em teoria, ele se tornar uma presença menos frequente entre os brasileiros, as empresas encaram o novo destino do esportista como uma oportunidade.

Para aquelas que têm dimensões mundiais, como a Unilever, é possível que o contrato se estenda no futuro e englobe ações em outros países. Já as que estão focadas exclusivamente nos consumidores brasileiros podem se beneficiar caso Neymar se destaque no time espanhol e, assim, ganhe ainda mais notoriedade no Brasil. O desempenho em campo e a identificação com os jovens são algumas das razões que fizeram o jogador tão requisitado para anúncios e ter atualmente nada menos do que 12 patrocinadores, além de acordos com outras empresas. As parcerias incluem marcas como Nike, Claro, Volkswagen e Santander. A força de sua imagem ficou tão evidente que foi associada a 93 marcas em 2012, segundo dados da Nielsen Sports.

Esse número, no entanto, não deve continuar crescendo nesse primeiro momento. "A diminuição pode ocorrer porque ele será assediado por marcas européias e patrocinadores do Barcelona e porque talvez haja um período de adaptação em que ele não estará em destaque. Mas se ele chegar lá já jogando e mostrando resultado, então o interesse no Brasil continuará em alta", destaca Rafael Plastina, Diretor da Nielsen Sports, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Para a Lupo, que patrocina Neymar desde 2011 e tem contrato até 2015, a relação comercial com o jogador não será alterada com a mudança porque a escolha dele como garoto-propaganda foi motivada pelo fato de ser um atleta admirado por torcedores de vários times, não só o Santos. "O que muda é que o Neymar era um ídolo do Brasil e agora vai ser um ídolo global. Não temos no país um time com dimensão global como o Barcelona. Isso muda a projeção e o desenvolvimento profissional e pessoal de um atleta", avalia Rafael Plastina.

Licenciamento,futebol,patrocinio,NeymarOportunidade aproveitada pela Mentos
Devido à importância do Campeonato Espanhol de Futebol, Neymar não estará ausente da mídia brasileira, o que fomenta sua imagem no país. Além disso, a eminência dos grandes eventos do esporte, a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo em 2014, fazem com que o interesse das marcas permaneça. Muitas têm a intenção de se associar às competições mundiais e vão procurar grandes nomes da seleção brasileira para isso.

O acordo com a Mentos, uma das últimas marcas a adquirir um contrato de licenciamento com o esportista, prevê ações que explorem o futebol durante os eventos e a expectativa é que a atuação de Neymar no Barcelona contribua de forma positiva para as iniciativas desenvolvidas. "Ele terá um aspecto mais internacional, o que tem muita relação com a posição da Mentos. O Barcelona tem uma simpatia com os torcedores brasileiros e isso pode agregar a ele e a nós como consequência", analisa Elzilene de Moraes, Diretora de Marketing da Mentos, em entrevista ao portal.

A notícia do novo clube já beneficiou a marca, que lançou quase simultaneamente a promoção Mentosbol, estrelada pelo atleta. A ação, que sorteará um Novo Fusca e 10 mil brinquedos semelhantes a um pula-pula entre consumidores, foi a primeira iniciativa em conjunto com o esportista e ganhou ainda mais repercussão devido à novidade. "O foco maior em cima dele é uma vantagem. Queremos aproveitar o momento para divulgar nossa parceria, principalmente nas redes sociais", conta Elzilene.

futebol,pesquisa,neymar,futebol,nielsen


 

Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss