MasterCard: mercado de débito alcançará R$ 493 bilhões até 2016 | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

MasterCard: mercado de débito alcançará R$ 493 bilhões até 2016

Estudo mostra que país está usando mais o cartão de débito, principalmente em operações de ticket médio baixo. Entrevistados apontam segurança e simplicidade como benefícios

Por | 02/10/2012

bruno.garcia@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A MasterCard estima que as compras com cartões de débito alcançarão R$ 493 bilhões até 2016. Hoje este mercado movimenta cerca de R$ 200 bilhões anualmente. O estudo "Cartão de débito no Brasil" realizada pela MasterCard Advisors, empresa de consultoria da marca, afirma que o cartão com débito em conta é a forma de pagamento que mais vem crescendo no país, com aumento médio de 25% ao ano. Transações em papel moeda, cheques ou transferências cresceram em média 9%, enquanto o consumo como um todo subiu 12% no mesmo período. 

As principais vantagens apontadas pelos entrevistados para o uso deste meio de pagamento são a segurança, simplicidade e a maior possibilidade de controle dos gastos. A segurança foi destacada por 67% dos entrevistados. Facilidade de uso e controle ficaram com 37% e 31%, respectivamente.

O ticket médio para transações com o cartão de débito diminuiu de R$ 62,00 em 2005 para R$ 54,00 em 2011. Uma tendência apontada pela MasterCard é que o cartão será utilizado para valores cada vez menores, substituindo o dinheiro em espécie. Nas compras entre R$ 50,00 e R$ 100,00, o débito é a forma de pagamento preferida por 39% dos entrevistados.  Na faixa seguinte, até R$ 500,00, o crédito  é o principal meio, com 37% de preferência, com o débito em conta aparecendo em segundo, com 35%. "O aumento do uso do cartão de débito foi impulsionado não só pelo crescimento econômico, mas também pelo aumento da bancarização e maior compreensão sobre esta forma de pagamento", explicou Gilberto Caldart, Presidente da MasterCard Brasil e Cone Sul, na apresentação da pesquisa.

Oportunidade para as marcas
Apesar do crescimento, no geral o uso do cartão de débito ainda é pequeno, se comparado às transações realizadas em dinheiro. Do total de transações com o plástico, apenas 18% acontecem nos estabelecimentos comerciais: 82% do uso destes cartões são referentes a saques em caixas automáticos. A situação pode se inverter com a utilização deste canal de pagamento para promoções e ações de fidelização.

Entre os entrevistados, 36% assumem que utilizariam mais o cartão para participar de promoções, prêmios e sorteios. Os programas de milhagens e acúmulo de pontos são citados em segundo lugar por 18% dos entrevistados. "Notamos que barreiras como o hábito do uso do papel moeda por ser considerado um meio de pagamento mais simples ainda persistem. E para superá-los, trabalhamos para desenvolver soluções e tecnologias que ofereçam produtos e serviços cada vez mais adequados às necessidades dos nossos clientes", finaliza Gilberto Caldart.

mastercard,pesquisa,cartão de débito

Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss