Com foco no Brasil, Nissan patrocina Olimpíadas de 2016 | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Com foco no Brasil, Nissan patrocina Olimpíadas de 2016

Montadora japonesa aproveita os Jogos para reforçar a marca no país, por meio de um projeto de apoio a atletas, promoções e foco na sustentabilidade

Por | 08/02/2012

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 confirmou hoje, dia 8, a Nissan como patrocinadora oficial das Olimpíadas na categoria Automóveis. A fabricante japonesa é a quinta parceira de nível 1 e a sexta ao todo, ao lado de Bradesco, Bradesco Seguros, Claro, Embratel e Ernst & Young Terco. Com o apoio destas empresas, o comitê já atingiu o valor mínimo estabelecido de R$ 700 milhões com patrocínios. Com foco no Brasil, Nissan patrocina Olimpíadas de 2016

"Após uma grande competição com inúmeras montadoras mundiais durante seis meses, fico muito feliz com a escolha pela Nissan. A empresa apresentou um mix consistente de produtos, serviços e aporte financeiro que demonstrou sua vontade de associação com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro", diz Carlos Arthur Nuzman, Presidente do Rio 2016, em coletiva de imprensa.

Com o acordo, a montadora também participa da logística do evento, fornecendo 4,5 mil veículos para transportar atletas e membros de comitês. Após os Jogos, os carros serão doados para a cidade. "Queremos mostrar o nosso espírito desafiador para trazer soluções inovadoras ao evento. É muito positivo para a marca se identificar com os valores das Olimpíadas, como de excelência e respeito. Não existe um evento melhor para reforçar a parceria entre a Nissan e o Rio de Janeiro, que será de longa data", diz Christian Mounier, Presidente da Nissan no Brasil, durante a coletiva de imprensa.

Divulgando a parceria para reforçar a marca
Para apoiar o Rio 2016 em relação às metas de sustentabilidade e reforçar a sua imagem, a Nissan priorizará a energia limpa para os sedans top, sedans médios e SUVs que fornecerá para o evento. A empresa inclusive já explora o conceito de mobilidade sustentável em sua comunicação e lançou em 2010 o Nissan LEAF, primeiro carro mundial produzido em massa totalmente elétrico e que recebeu prêmios como Carro Europeu do Ano 2011 e Carro Mundial do Ano 2011.

"Os carros da frota de 45 mil veículos não terão apenas a função de transportar atletas e personalidades, mas também de fazer a nossa imagem. Usaremos muito o conceito sustentável para que as pessoas nos reconheçam como os líderes deste tipo de tecnologia e vejam a preocupação em reduzir as emissões para o planeta. Para isso, o Nissan LEAF ou futuros modelos elétricos estarão na frota, além de modelos flex, com etanol, e alguns a gás. Nosso objetivo é fazer as Olimpíadas com a menor emissão de poluentes, então estamos conversando com o Rio 2016 e sugerindo as melhores opções", diz Carlos Murilo Moreno, Diretor de Marketing da Nissan no Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.

A principal ferramenta de Marketing, a curto prazo, será o apoio aos objetivos do Rio 2016, que incluem um programa de incentivo a jovens atletas para se tornarem medalhistas nos Jogos. O projeto será iniciado já este ano e a Nissan entrará com a ajuda financeira para apoiar os treinos dos esportistas, que serão selecionados por um grupo de mentores. Outras ações sociais podem ser anunciadas até 2016, além de iniciativas de Marketing inclusivo, para divulgar o patrocínio.

"A marca era pouco conhecida no Brasil, isso vem mudando, então precisamos mudar também a comunicação. O mote serão as Olimpíadas, que usaremos cada vez mais, até para obter um bom retorno sobre o investimento. Ainda não podemos divulgar as ações de Marketing, mas aproveitaremos tudo o que está no pacote, como os ingressos para os Jogos, entradas para eventos de teste realizados em 2015 e toda a possibilidade de fazer merchandising e licensing da marca. Teremos várias iniciativas porque queremos que as pessoas saibam que estamos patrocinando o Rio 2016 e que isto se reverterá positivamente para a empresa. Sem isto, a marca fica distante e não consegue se relacionar com o consumidor", diz Moreno, em entrevista ao portal.

Foco no Brasil e no Rio de Janeiro
A busca pela conquista do patrocínio tem a ver com o foco da Nissan no Brasil e no Rio de Janeiro, principal praça para a empresa no país. Há cerca de dois anos a montadora vem investindo mais fortemente no mercado brasileiro, onde viu seu market share crescer de 0,8% em 2010 para os atuais 3,6%. A empresa também passou do 13º lugar entre a concorrência para o sexto. Atualmente, a montadora japonesa é uma das marcas que mais cresce no país, com uma alta de 88% em 2011 sobre o ano anterior.

O Rio de Janeiro tem o maior market share de todo o país, de 6%. A meta nacional é chegar a 5% de participação até 2016 e a 7% no Rio. Com este objetivo, a montadora investe na produção local e inaugurará uma fábrica em Resende, no estado do Rio de Janeiro, em 2014. O investimento é de R$ 2,6 bilhões e a fábrica tem capacidade de produção de 200 mil unidades, gerando ainda quatro mil empregos diretos e indiretos. Hoje, a fabricante mantém uma planta no país, no Paraná, estabelecida em 2000.

 

*Atualizado às 17h15 do dia 10/02

Comentários


Acervo

Pesquisar por Tags

Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss