Um em cada três executivos já teve problemas com funcionários nas redes sociais, diz pesquisa | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Um em cada três executivos já teve problemas com funcionários nas redes sociais, diz pesquisa

Robert Half faz recomendações de como proceder com as novas tecnologias no ambiente de trabalho

Por | 19/10/2011

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Erros no ambiente digital podem afetar a imagem no trabalho. É o que diz uma pesquisa realizada pela Robert Half, especializada em recrutamentos, com 300 gerentes de todo o Brasil. Segundo o estudo, 70% dos profissionais já enviaram e-mail errado ou copiaram algum destinatário por engano. O descuido na internet e os comentários maldosos sobre colegas, chefes e a empresa publicados no Twitter e no Facebook podem deixar as pessoas numa situação constrangedora, comprometer a reputação e até gerar demissões.

Para 40% dos executivos brasileiros, a quebra de regras de etiqueta digital prejudica muito a imagem do profissional e mais de 90% acreditam que afeta pelos menos um pouco. O levantamento mostra ainda que, para 75,8% dos entrevistados, a massificação do uso de aparelhos móveis também aumentou o número de quebra de regras no ambiente de trabalho.

De acordo com 92,4% dos profissionais, as redes sociais são capazes de gerar negócios. Por outro lado, o estudo apresenta que um em cada três executivos já teve problemas com o comportamento de funcionários em redes sociais. O LinkedIn é a ferramenta preferida dos executivos brasileiros, mais de 90% dos entrevistados possuem perfil na rede e 85,5% utilizam a ferramenta para buscar emprego.

Para melhorar a postura dos profissionais com as novas tecnologias no ambiente de trabalho, a Robert Half reuniu algumas dicas de comportamento. No Facebook, a empresa aconselha que os usuários, caso tenham colegas de trabalho, chefes e cliente na rede, não coloquem fotos muito informais, façam comentários irônicos ou escrevam coisas comuns sobre o dia a dia.

Já no Twitter, se a ferramenta é usada de maneira profissional, a companhia indica um comportamento atencioso e generoso, agregando valor nas atualizações do perfil por meio de links para artigos interessantes e fontes online. Em relação ao e-mail, a recrutadora recomenda não deixar uma solicitação sem resposta por mais de 24 horas e, em caso de um período de grande afastamento, é melhor programar uma mensagem de ausência.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss