Lei do Incentivo segue na câmara mesmo após a morte do Dep. Júlio Redecker no acidente da TAM | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Lei do Incentivo segue na câmara mesmo após a morte do Dep. Júlio Redecker no acidente da TAM

Por | 18/07/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Projeto de Lei do Incentivo segue normalmente mesmo após a morte do Deputado Júlio Redecker, uma das vítimas do acidente com o avião da TAM

A morte do Deputado Federal Júlio Redecker, uma das vítimas do acidente desta terça-feira com o avião da TAM, em São Paulo, não atrasará diretamente a tramitação do Projeto de Lei número 6746/06, do qual Redecker era o autor. O PL busca regulamentar a atividade do Marketing de Incentivo quando há pagamento de quantia extra feita por empresas aos seus empregados em caráter excepcional.

Segundo informou ao Mundo do Marketing a chefe de gabinete do Deputado Sandro Mabel (PL/GO), Solange Lima, não há nenhum regimento interno na Câmara que impeça o andamento do projeto mesmo em caso de falecimento do autor da proposição. "Como relator do projeto, o Deputado Sandro Mabel dará continuidade normalmente ao que foi proposto", diz Solange.

A diretoria da Ampro - Associação Brasileira de Marketing Promocional - está reunida neste momento na sede da entidade. Todos estão consternados com a tragédia e aguardarão o andamento do projeto de lei para comentarem o assunto. O PL do Deputado sofreu duas emendas em maio deste ano e está em tramitação na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara em caráter ordinário.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss