Times de Marketing utilizam IA com mais frequência do que os times de vendas Priscilla Oliveira 24 de junho de 2024

Times de Marketing utilizam IA com mais frequência do que os times de vendas

         

Pesquisa divulgada pela RD Station aponta uma diferença significativa nos índices de adoção (55% x 44%) e destaca usos que se estendem a ambos os setores

Equipe de Marketing e Vendas
Equipe de Marketing e Vendas
Publicidade

55% dos profissionais de Marketing já utilizam soluções de Inteligência Artificial na rotina de trabalho. Expressivo, o índice de adoção de IA no setor é significativamente maior do que o verificado no setor de vendas: 66% das equipes ainda não incorporaram à tecnologia a rotina, conforme apontam dados divulgados pela RD Station no estudo Panorama de Marketing.

Para Bernardo Brandão, CMO da RD Station, a diferença de adoção entre as duas áreas é ocasionada pelas tarefas criativas que recaem sobre os times de Marketing – uma teoria comprovada pelos profissionais entrevistados: 62% dos respondentes utilizam ferramentas de IA como auxiliares na criação de conteúdo e copywriting.

Destacam-se, também, os usos relacionados ao planejamento estratégico (32%) e a personalização de campanhas (24%). Já no panorama de vendas, além da criação de conteúdo e copywriting (22%), o maior uso evidencia-se na elaboração de pitchs de vendas (12%) e no envio de emails e outras comunicações (11%).

A adoção de IA pelos times de Marketing também é mais frequente entre as empresas B2B (63%) em comparação às operações B2C (47%). No Panorama de Vendas, os dados mostram um menor uso geral da tecnologia: 41% no mercado B2B e 26% nas empresas B2C.

Brandão reforça que embora o uso da IA seja mais facilmente encontrado entre os times de Marketing, o alcance da tecnologia se estende às duas áreas, contribuindo significativamente para a produtividade e proporcionando uma análise de dados mais precisa, que reverbera no aumento das taxas de conversão.

Publicidade

Leia também: Uso de IA por profissionais de Marketing subirá de 10% para 40% até 2026, segundo Gartner


Publicidade