Tendências para o profissional de Marketing em 2022 Bruno Mello 10 de novembro de 2021

Tendências para o profissional de Marketing em 2022

         

Transformação digital é tema central da agenda estratégica de empresas de todos os portes e capacitações nessa área são essenciais

Tendências para o profissional de Marketing em 2022
Publicidade

À medida que a economia continua se recuperando, as áreas de vendas e Marketing lideram os esforços das organizações para impulsionar os negócios e se envolver com os clientes. A transformação digital é tema central da agenda estratégica de empresas de todos os portes e a capacitação dos profissionais de Marketing nessa área será cada vez mais essencial.

Algumas empresas entenderam essa necessidade e tiveram que correr para não ficar para trás, principalmente após a pandemia. O fato é que essa mudança causa uma expectativa crescente nos consumidores, que estão cada vez mais exigentes. De acordo com levantamento da Robert Half, 95% dos consumidores pretendem continaur realizando compras online.

A área de Vendas e Marketing e relacionamento com o cliente está entre as prioridades para a alocação de recursos financeiros e desenvolvimento das capacidades digitais, principalmente nas grandes empresas. Esse olhar para a área impacta diretamente na valorização dos profissionais de toda a estrutura de e-commerce e Marketing digital.

O universo é digital

Mais do que apenas uma alternativa, o ambiente online mostra estar cada vez mais dentro dos hábitos de consumo do brasileiro. O grau de exigência do consumidor, e a máxima de que o cliente está sempre em primeiro lugar, amplia a oportunidade por profissionais responsáveis por produtos digitais. Destaque para o gerente de produtos digitais, que deve entender do mix de produtos, da aparência da loja virtual e ter um cuidado especial com a experiência do cliente.

Publicidade

Outro ponto é que o Brasil é um dos países com maior usuários de live streaming e com força no mercado de influenciadores. Com o aumento do número de lojistas no mundo digital, sobe também a concorrência e a necessidade de reinvenção na área de Vendas e Marketing. O profissional que sabe trabalhar estrategicamente com essas duas plataformas tende a se destacar. Então, além do live straming, surgem outras tendências como o live e-commerce que une as duas forças.

Leia também:  Social Commerce + Influenciadores: uma matemática de sucesso

Perfis em alta

O candidato ideal, segundo o levantamento da Robert Half, deve ser focado em inovação e ter certificações em ferramentas digitais. Aquele que for conhecedor do mercado e da concorrência, entender de Data Driven e tiver a capacidade de performar nas diferentes áreas já possui características essenciais para ser o candidato ideal – sem esquecer de ser fluente em inglês e interessado em outros idiomas.

Isso porque as habilidades mais demandadas pelos 300 executivos c-level respondentes da pesquisa da Robert Half com a Insper são inglês, tech skills e Marketing Digital. Gestão financeira e rentabilidade e funil de conversão completam o ranking. Dentre os comportamentos mais esperados estão comunicação, equilíbrio emocional, flexibilidade, criatividade, inovação e teamwork.

Hoje os profissionais mais procurados são Executivo de Contas, Coordenador de Marketing Digital, Gerente de e-commerce, Gerente de Marketing Digital, Analista de Marketing Digital, CRM-CX, Vendas internas, Gerente de Produtos Digitais, Analista de Marketing – Marketplace e Analista (CRO) / Martech. Quando analisadas as profissões do futuro surgem Analista Martech, Líder Live streamer e Estrutura ligada a Produtos digitais.

Leia também: Profissionais de Marketing estão otimistas para os próximos meses


Publicidade
Prime Day