Startup da Califórnia lança rede social só de esportes, a Sportidia Bruno Mello 27 de maio de 2022

Startup da Califórnia lança rede social só de esportes, a Sportidia

         

Com presença global e abrangência de todas as modalidades esportivas, ferramenta une tecnologia e esporte para aproximar as pessoas através da prática de atividades físicas

Startup da Califórnia lança rede social só de esportes, a Sportidia
Publicidade

Com o objetivo de incentivar uma vida mais ativa, facilitar o acesso e popularizar centenas de modalidades esportivas, uma startup da Califórnia criou a Sportidia, uma rede social desenvolvida para conectar pessoas por meio do esporte. Com sede em San Diego e fundada por Christian Kittler e Nico Torteli, o Sportidia levantou R$ 2,3 milhões em sua primeira rodada de investimento, tendo a MSSantini como sua principal parceira.

O montante tem sido empregado no desenvolvimento do aplicativo e de suas funcionalidades, além da contratação de colaboradores, que hoje formam um time de 12 pessoas responsáveis pelas áreas de TI, Produtos, Operações, Financeiro, Marketing e Comercial. “A tecnologia é o coração e pulmão do negócio, e o nosso foco está em criar a melhor experiência para o ‘Sportidian’, que é como chamamos os usuários da rede”, afirma Torteli.

As funcionalidades do app foram desenvolvidas com base em dois pilares principais. Um deles é a função social da rede, que incentiva a interação entre os usuários com um tema em comum, buscando a aproximação entre pessoas com os mesmos interesses e objetivos, além de servir como um estímulo para a descoberta de novas práticas, hábitos e hobbies, fortalecendo a ideia de comunidade.

O outro pilar gira em torno das atividades que, por meio dos filtros e configurações definidas pelo usuário, reúne informações sobre o esporte de interesse, além de cronogramas de eventos, treinos e locais onde é possível praticá-lo em diferentes regiões. “No Sportidia estarão reunidas pessoas que querem falar de esporte, atividade física e bem-estar. Os usuários também podem criar suas próprias atividades e eventos, convidando amigos ou novos adeptos, de maneira pública ou privada”, explica Kittler.

Ambos fundadores têm larga experiência tanto no ecossistema de startups, quanto nos esportes. Triatleta com 10 participações em provas do Ironman e 3 vezes no mundial do Hawaii, Kittler tem formação em Administração e Marketing e é fundador da 7Sherpas, agência de viagens customizadas para esportistas, e do grupo Ativo.com, a maior comunidade esportiva da América Latina. Já Torteli, nadador que disputou os Jogos Olímpicos de 1988 em Seul, é formado em engenharia e já atuou como vice-presidente do Credit Suisse no Brasil, além de ter fundado as fintechs Conductor, Paggo e Freeddom, especializadas em soluções para pagamentos eletrônicos.

Publicidade

Com um modelo de monetização baseado na publicidade dentro da plataforma, o Sportidia adotou uma estratégia para gerar impacto e ampliar rapidamente seu número de usuários por meio de uma rede de embaixadores.  Além de atuarem como criadores de conteúdo, os embaixadores utilizarão a plataforma como uma ferramenta para alavancar e popularizar suas modalidades no Brasil e no mundo. Mais de 30 embaixadores já estão no time, dentre eles, Jadel Gregório, do atletismo, Heitor Shimbo da esgrima e Alberto Klar, da natação.

O Sportidia também visa incentivar as pessoas a adotarem hábitos mais saudáveis. Segundo Kittler, “Por que não ter uma rede social que ajude as pessoas na busca por melhor qualidade de vida e gere engajamento através de passos, braçadas, saltos, raquetadas, cestas, pedaladas, sorrisos e ‘fist bumps’?”.

Leia também: Brasileiros gastaram mais com esporte e lazer no primeiro trimestre, segundo relatório do Itaú


Publicidade