Solteiros do Brasil têm potencial de consumo em torno de R$ 418 milhões, diz pesquisa 15 de agosto de 2011

Solteiros do Brasil têm potencial de consumo em torno de R$ 418 milhões, diz pesquisa

         

Jovens da classe C são responsáveis por quase metade do valor movimentado pelo grupo

Publicidade

<p>Os solteiros no Brasil apresentam um potencial de consumo em torno de R$ 418 milhões. Deste total, os jovens entre 18 e 24 anos da classe C são responsáveis por 46%. É o que indica um estudo realizado pela Bridge Research, na cidade de São Paulo, que levantou as características do grupo, formado por 47,1 milhões de brasileiros. A pesquisa também verificou que 45% dos solteiros pertencem às classes A e B, enquanto 44% são membros das camadas C e D.</p> <p>A renda média está em torno de R$ 3.506,00, e supera em aproximadamente 14% os ganhos dos casados com mais de 40 anos. Em relação ao nível de instrução, os solteiros também ultrapassam os casados, com um total de 81% possuindo ensino médio ou superior completo, contra 59% dos casados. Mais de um terço (38%) aceitam pagar mais caro por produtos originais e 30% afirmam que preferem adquirir itens de marcas que possuam um compromisso com valores socioambientais.</p> <p>O estudo verificou ainda que a maioria dos solteiros da capital paulista está na faixa etária acima de 40 anos (43%), seguida pelo grupo entre 30 e 39 anos (25%) e pelos jovens de 18 a 24 anos (19%). Por último, está a faixa etária de 25 a 29 anos, com apenas 13%.<br />  </p> <p style="text-align: center"><img alt="" width="355" height="347" src="/images/materias/jovens_consumidores.jpg" /></p>


Publicidade