Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

IV Seminário Marketing 360º: relacionamento e fidelidade 2.0

Relevância para o consumidor é o foco para gerar relacionamento e fidelidade

Por | 15/10/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

IV Seminário Marketing 360º: relacionamento e fidelidade 2.0

Por Thiago Terra
thiago@mundodomarketing.com.br

Os programas de relacionamento entre empresa e o consumidor seguem a tendência mundial de migrar para a internet e hoje integram o conceito 2.0. Baseado no objetivo de fazer com que o consumidor compre com freqüência outros produtos da mesma marca, estes programas estão oferecendo mais interatividade ao consumidor.

Nos programas de fidelidade 2.0 apresentados por Danilo Vasconcellos, Head de Planejamento Estratégico da Accentiv´ Brasil, durante o IV Seminário Marketing 360º, os dados gerados são valorizados como o ouro em todo o processo de relacionamento. "A essência destes programas está no incentivo para o cliente comprar mais, gerando satisfação, fidelidade e rentabilidade, que são aspectos completamente diferentes um do outro", afirma.

De acordo com o executivo da Accentiv´ Brasil, as tendências dos programas de relacionamento 2.0 caminham na direação da evolução dos meios de comunicação: oral, escrita, TV, web 1.0 e 2.0. Em cada uma das fases existe uma mudança conceitual em termos de penetração, dependência geográfica, integração e perenidade da mensagem, o que é contribui para a evolução dos programas. "Na web 1.0 o consumidor começa a ganhar poder porque tudo o que ele faz começa a gerar dados. Já na web2.0 ele gera mídia e assume o poder", diz o Head da Accentiv´.

Relevância e moda para gerar relacionamento e fidelidade
A nova etapa em que os programas de fidelidade estão inseridos facilita a inovação por conta da maior dificuldade e complexidade de criar um relacionamento relevante para o consumidor. Por isso, a ferramenta de DBM - ou Database Marketing - é cada vez mais aplicada a esses programas através de inteligência e tecnologia como forma moderna de armazenar e coletar dados. "Precisamos cada vez mais saber usar os dados coletados, entender e customizar programas de fidelidade sabendo que relacionamento não é apenas tecnologia, mecânica, processo e estética", conta o executivo.

A web 2.0 pode ser comparada ao mercado fashion, segundo Vasconcellos. Assim como a moda, este segmento de interatividade com o consumidor muda de uma semana para a outra e está cada vez menos tolerantes a erros. "Conseguir a atenção do consumidor é cada vez mais dificil e, ainda sim, ele pode denegrir a imagem de uma empresa através de ferramentas on-line", acredita.

Com esta realidade surge uma nova era, que trás um novo Marketing, onde tudo é relacionamento. Porém, como desafio para este momento dos programas de relacionamento é integrar consumidor, empresa, soluções, profissionais, tecnologia e processos no conceito de fidelidade 2.0. "Os programas de relacionamento ou fidelidade 1.0 a empresa compra a relação com o seu consumidor. Já nos programas baseados na plataforma 2.0, as companhias conquistam a relação com o público", completa Vasconcellos.

O evento acontece hoje e amanhã em São Paulo no hotel Blue Tree Towers Morumbi é patrocinado pela Accentiv´, Copernicus Marketing Consulting, Datalistas, Dinamize e TNS InterScience. Esta é a quarta edição do seminário realizado pelo Mundo do Marketing e tem a organização do Grupo B2.

Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss