Líderes dentro e fora de campo | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Líderes dentro e fora de campo

Evento de marketing de relacionamento e responsabilidade social, idealizado por Décio Clemente, reúne executivos de multinacionais, seus clientes e craques do futebol brasileiro. O Líderes em Campo repete a rotina de um jogador profis

Por | 10/04/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe
Líderes dentro e fora de campo

Por Fábio Storino
fabio@mundodomarketing.com.br

Todo menino nascido no país do futebol tem o desejo de um dia ser jogador profissional, vestir a camisa do time de coração e pisar no gramado com a torcida gritando o seu nome. Tendo esse sonho como motivação, Décio Clemente (foto), sócio-diretor da Dclemente&Partner, idealizou o Líderes em Campo. O evento conta com a participação de executivos de grandes empresas - como Motorola, Bradesco, Vivo, CA, Unimed, Nestlé, Adidas, entre outras -, seus clientes e ídolos do futebol pentacampeão mundial, que disputam partidas nos maiores e mais importantes estádios do Brasil.

Além de realizarem uma aspiração de infância, os executivos praticam a Responsabilidade Social. Eles doam uma quantia em dinheiro que é revertida em cestas básicas e são distribuídas a instituições. "Na última edição (a 15ª, no dia 9 de abril), no Morumbi, nossas doações de alimentos chegaram à marca de 110 toneladas, somando-se a quantidade distribuída nos quatro anos de evento", conta Clemente ao Mundo do Marketing.

O Líderes em Campo é um evento de relacionamento. Cada empresa seleciona alguns clientes que integrarão as equipes. Estas são compostas também pelos executivos e por ex-jogadores do futebol brasileiro.

O futebol é parte do planejamento de marketing da Unimed, patrocinadora do Campeonato Brasileiro e do Fluminense. Desde o ano passado, a empresa participa do Líderes em Campo. "O evento possibilita ações de marketing de relacionamento com clientes e networking. Lá, temos contato com presidentes e executivos de outras empresas. Além disso, há a exposição da marca em revistas que cobrem o evento.", explica Marcelo Giannubilo, superintendente de marketing da Unimed-Rio, ao Mundo do Marketing.

A Motorola não tinha o esporte como uma de suas atividades de marketing de relacionamento, que eram normalmente direcionadas a atividades culturais. Para Eduardo Stéfano, vice-presidente comercial da Motorola, a entrada da companhia no Líderes em Campo trouxe resultados interessantes. "Tivemos um retorno positivo. O futebol criou uma relação de cumplicidade entre a empresa e os clientes. Quebramos barreiras", relata em entrevista ao Mundo do Marketing.

Vida de boleiro
O dia de um jogo de um grande clube é vivido pelos participantes. Pela manhã, eles vão para a concentração em um hotel onde acontece a preleção. Depois, seguem para o estádio em ônibus de luxo, escoltados por batedores da Polícia Militar (PM). Antes das partidas, é executado o Hino Nacional pela Banda da PM. "Já vi executivos chegarem às lagrimas durante o Hino", relata Clemente.

Não é apenas a vida de atleta profissional que é repetida. Os jogos são gravados pela equipe que trabalha em finais de campeonato pela TV Globo. Vinte dias após o evento, são distribuídos DVDs a todos os que participaram do evento. Enquanto acontecem as partidas, os familiares dos "atletas" acompanham tudo da tribuna com tratamento VIP. Após a atividade esportiva, há uma confraternização em um restaurante e são mostradas na TV imagens dos jogos. "Fazemos o Experience Marketing. Vivemos a experiência de ser jogador de futebol. Depois, podemos acompanhar os melhores momentos na televisão, como em uma cobertura normal. Não é apenas relacionamento, mas também diversão", avalia Clemente.

A participação de craques do futebol brasileiro é bem vista pelo palmeirense Décio Clemente. "Já joguei com ídolos do Palmeiras como o César Maluco, o Edu Bala e o Ademir da Guia. O Dudu, da Academia, foi técnico em um dos jogos", entusiasma-se ao lembrar de jogadores que fizeram história pelo clube do Parque Antártica. Mas não somente ex-atletas do antigo Palestra Itália que marcam presença no evento. Rivelino, Paulo César Caju, Neto, Éder Aleixo e muitos outros já integraram as equipes.

O Líderes em Campo é motivo de orgulho para Clemente. O nome e o modelo do evento foram registrados por ele. "Não existe nada parecido com o que fazemos", afirma. Outro fator de realização pessoal é o volume de cestas básicas doado. "Sou o maior doador particular de alimentos do Brasil. Já recebi elogios de ministros e do próprio presidente Lula. Mas faço isso sem o auxílio do poder público", assegura.

Acesse
www.lideresemcampo.com.br
Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss