Ele não trabalha às sextas-feiras | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Ele não trabalha às sextas-feiras

Luiz Roberto Salvador, presidente da Bríndice, tem mais de 30 anos de trabalho. Já criou um dos catálogos e uma das feiras de brindes de maior sucesso no mercado promocional

Por | 01/08/2007

bruno@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Ele não trabalha às sextas-feiras

Por Bruno Mello
bruno@mundodomarketing.com.br

Que tal não trabalhar mais às sextas-feiras? Na agenda de Luiz Roberto Salvador, este dia não faz mais parte da agenda de afazeres. Afinal, já se passaram mais de 30 anos de trabalho e agora, embora ainda esteja à frente da presidência do grupo Bríndice, Salvador se dá ao luxo de delegar suas atribuições aos seus colabores. Entre eles, suas duas filhas. Embora tenha um dia a menos para tocar os negócios, a empresa vai de vento em polpa.

Na última semana, Salvador comemorou a realização da 14ª Expo Bríndice, uma das maiores Feira de Brindes, Produtos Promocionais, Presentes Corporativos e Mídia Extensiva do Brasil. Foram cerca de 7 mil pessoas que foram ver de perto tendências e fechar negócios. "Gerar negócio no próprio evento, no mercado promocional de brindes, é raríssimo. E aqui não temos quem coleta brindes. Grandes empresas visitam o nosso evento", afirma Luiz Roberto Salvador em entrevista ao Mundo do Marketing.

Antes da Feira, este advogado com pós-graduação em marketing já trabalhou muito de segunda a sexta-feira. Ele gerenciou as unidades da Rhodia em Alagoas, Espírito Santo, Sergipe, Bahia e no Rio de Janeiro. Salvador trabalhou ainda na Souza Cruz, na Vinhos São Roque e no concorrente Free Shop, onde ficou por três anos até fundar a Bríndice, catálogo de brindes. "O primeiro catálogo nasceu com 112 páginas e 61 anunciantes. Hoje são quase mil páginas e 530 anunciantes, com um mercado de 4,3 mil empresas e que cresce a cada dia", diz o executivo.

Crescimento da empresa e do setor
Do primeiro exemplar até a edição deste ano, já se passaram 20 anos. "Graças a deus com uma boa performance no mercado. Somente em 1990 e 1995 nós não crescemos. O marketing do brinde vem se desenvolvendo e qualquer departamento de marketing tem que fazer o uso do brinde, pois tem um resultado mensurável e um retorno imediato", explica Salvador, que também é um incentivador da profissionalização do setor.

Repleto de pequenas e médias empresas, o mercado de brinde carece de mais desenvolvimento. Pensando nisso, Luiz Roberto Salvador criou o prêmio Top Bríndice. "Procuramos levar informações para que o mercado se desenvolva. E o prêmio Top Bríndice mostra quem mais de destacou em atendimento, qualidade, entrega, lançamento de produtos e Internet. Com isso o setor começa a se desenvolver", ressalta o presidente do grupo.

Além de desenvolver o mercado, Salvador quer também ampliar os negócios. Está pensando em um novo produto, que ainda está na sua cabeça. Mas já é quinta-feira. Está na hora de aproveitar o fim de semana. "Sexta-feira de manhã vou para o sítio e lá esqueço da vida. Curto o campo, passeio a cavalo, mexo com planta, fico fazendo paisagismo, criando minivacas, pavões, cavalos, galinhas, pato, ganso, e por aí vai. Sinto-me completamente realizado em todos os objetivos que tracei", conta Luiz Roberto.

Acesse
www.brindice.com.br

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss