Reportagens

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

5 dicas para atuar com Marketing de Influência na categoria de beleza

Setor seguiu em alta durante a pandemia e traz grandes oportunidades para as marcas. Veja estratégias a serem seguidas, dadas por Joel Amorim da The Insiders

Por Priscilla Oliveira - 20/07/2021

Não é novidade que as empresas têm ocupado espaços cada vez mais significativos no mundo digital como forma de criar um relacionamento e aproximar seus clientes das marcas de maneira constante. Para tanto, além de fazer uso de inúmeras plataformas e diferentes redes sociais, as companhias também começaram a utilizar-se dos chamados influenciadores, personagens que têm a capacidade de reunir, por vezes, milhões de seguidores.  Na categoria de beleza eles se tornam ainda mais essenciais na pandemia. 

Uma pesquisa da Global Web Index feita em 2020 mostrou que pontou que 72% dos consumidores que seguem influenciadores nos EUA e no Reino Unido dizem que passam mais tempo nas mídias sociais por dia desde o surto de coronavírus. Enquanto 31% deste grupo afirmam ter seguido influenciadores de beleza e cuidados pessoais antes do surto, outros 19% também dizem que começaram a seguir influenciadores desse segmento durante o surto, comprovando o maior alcance dessa categoria.

A nova realidade de ter que passar a maior parte do tempo online não parece ter desviado os compradores de beleza da indústria. Na verdade, eles estão procurando influenciadores ainda mais para procurar soluções de tratamento em casa ou formas de utilizar maquiagem ao mesmo tempo em que usam máscaras. “Talvez, o segmento de beleza seja o que mais se beneficia do Marketing de Influência se comparado a outros mercados. São milhares de pessoas postando conteúdo sobre o tema em todos as camadas da Pirâmide da Influência”, conta Joel Amorim, diretor da The Insiders no Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.

 Para que uma marca tenha mais probabilidade de se destacar nesse meio, é preciso seguir algumas dicas. Veja abaixo 5 estratégias dadas por Joel Amorim:

1 – A autenticidade nunca sai de moda. Para isso, busque influenciadoras que já sejam consumidoras reais da marca. Estar na rotina da digital influencer vai gerar um conteúdo muito mais genuíno e valioso;

2 – Ofereça autonomia. Não há maquiagem que disfarce quando a Influenciadora está numa zona que não é a que ela está acostumada a mostrar em seu dia a dia. Deixe sua marca surfar a onda da influenciadora. Afinal, foi para isso que você buscou o Marketing de Influência;

3 – O boca a boca ainda é a forma mais potente da sua marca viralizar. Quando consumidoras reais produzem conteúdo sobre sua marca, as taxas de engajamento e conversão saltam exponencialmente. O sucesso desses KPIs, via de regra, é proporcionalmente inverso ao número de seguidores que a pessoa tem. Portanto, confie nas nano influenciadoras;

4 – Nano influenciadores são mais engajados. O engajamento da audiência é reflexo do engajamento do influenciador. E, neste quesito, as nano influenciadoras brilham;

5 – Certifique-se de que terá recursos suficientes para acompanhar todos os dados que a campanha vai gerar e não se conforme apenas com o alcance de métricas como impressões e número de interações. Campanhas de Marketing de Influência são riquíssimas em informações que não só refletem o sucesso de uma ação de comunicação, mas, também, podem ajudar você a antecipar tendências, mudar rotas e até mesmo descobrir seu próximo lançamento.

Quer se manter atualizado sobre Mercado de Beleza e ser um profissional de Marketing completo?

Conheça a Rota 360º para o Profissional de Marketing Moderno, um programa de 12 meses que visa desenvolver o senso crítico do profissional de Marketing, apresentando dados e análises das melhores fontes do mercado. 

Se antecipe às necessidades do mercado: