Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Publicidade

Datalive: Inteligência artificial determina propensão de compra

Ferramenta da Maio Marketing consegue integrar dados sobre as jornadas de compras dos consumidores em plataformas on e offline, definir melhor canal e momento de compra

Por | 17/09/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Fred Conte, Diretor da Maio MarketingHá alguns anos, quando o tema Inteligência Artificial era abordado, o pensamento remetia a robôs e a estrutura como nos filmes futuristas. No entanto, a revolução das máquinas inteligentes já está em curso, de maneira natural e o Marketing segue junto a Era 4.0. Os dias de investimento em Marketing Digital com base em segmentação por idade, região e preferências, por exemplo, estão contados. Com o uso da Inteligência Artificial, a empresa Maio Marketing lançou no mercado a ferramenta Datalive cujo objetivo é integrar os dados da jornada do cliente em tempo real com algoritmos que conseguem prever o momento exato em que o cliente toma uma decisão de compra.

O investimento na solução permite abordagens mais eficazes e um retorno que o mercado global já vem notando. O valor do setor para a Inteligência Artificial é estimado para chegar a US$ 1,2 trilhões até o final de 2018 e deverá crescer significativamente para chegar a US$ 3,9 trilhões até o final de 2022, segundo o Gartner. Usando a tecnologia de machine learning, a ferramenta da Maio Marketing é calibrada para aprender tudo sobre a jornada do cliente - reúne informações capturadas de aplicativos, sites, redes sociais, assim como de call centers, bases de CRM, entre outras plataformas offline.

Após o cruzamento entre as informações obtidas, o Datalive consegue construir os passos do consumidor em uma próxima compra. "Com esses dados a ferramenta treina o algoritmo para que ele consiga predizer que o consumidor vai comprar determinado produto e qual canal será usado por ele", afirma Fred Conte, Diretor da Maio Marketing, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Sugestões assertivas sobre canais
O Datalive também propõe identificar qual canal a empresa deve usar para abordar individualmente cada consumidor. "A ferramenta coleta o dado do cliente, aprende com as informações obtidas antes de acioná-lo pelo canal mais indicado para ele. Isto se chama automação da inteligência", explica o executivo.

Até mesmo push, pop-ups e chatbots quando integrados ao Datalive se tornam inteligentes. Assim, eles deixam de aparecer para todos os usuários no mesmo momento, pois passam a ser acionados de acordo com o que o algoritmo do Datalive aprendeu. "O push inteligente não segue apenas a regra de usabilidade comum, ou seja, pré-determinada para funcionar da mesma forma para diferentes usuários. A proposta é o algoritmo entender qual o melhor momento de compra para cada cliente e impactá-lo de forma inteligente na hora exata em que ele toma a decisão", conta Fred.

Outra vantagem desta ferramenta criada pela Maio Marketing é a integração via API com outras plataformas como Google Ads e Facebook Ads, por exemplo. Nestas plataformas o Datalive permite que uma empresa crie campanhas para cada perfil individualmente. Desta forma, o investimento passa a ser mais assertivo já que os anúncios serão exibidos para aquelas pessoas que estão, de fato, propensas a comprar.

Inteligência artificial
O Datalive funciona em um processo virtuoso porque quanto mais a ferramenta é utilizada mais assertiva ela fica. A proposta principal da solução é utilizar a Inteligência Artificial de forma prática nas estratégias de Marketing para suprir a demanda cada vez maior do consumidor por melhores experiências tanto nas lojas físicas quanto nas virtuais. Outra necessidade das empresas que investem em Marketing é garantir o melhor retorno sobre investimento.

Porém, de acordo com Fred Conte, o cenário atual mostra que na prática as companhias ainda apostam em iniciativas muito massificadas, até mesmo no ambiente digital. Por isso, a ferramenta surge com a proposta clara de usar a Inteligência Artificial para resolver a questão de forma cirúrgica buscando sempre o resultado efetivo. "Hoje a jornada de decisão de compra é complexa por conta de diversos fatores como diferentes canais e centenas de variáveis. Nesse cenário não há mais uma única linha sobre como o consumidor pensa. Cada vez mais a jornada de compra passa por um alto nível de interação seja qual for o canal", aponta Fred Conte.

Mais resultados e menos massificação
A chegada do Datalive promete o fim das estratégias baseadas em massificação, campanhas feitas com filtros de segmentos, personas, agrupamentos. Este é o conceito utilizado hoje, que modela o perfil do consumidor com base em dados históricos de compra ou abstenção. Porém, para o Diretor da Maio Marketing, esses dados contextuais nem sempre refletem sobre o ponto de vista do cliente, o que compromete a precisão e o retorno sobre o investimento.

O Datalive é uma ferramenta criada 100% na nuvem e pode ser integrada com dados de qualquer canal. Este ano a ferramenta já foi implementada em sistemas das empresas Uniasselvi e Unimed BH e, além disso, fará parte do programa de aceleração Scaleup Oracle para a América Latina.

Leia também: Por dentro do Big Data. Ferramenta estratégica para tomada de decisão - conteúdo exclusivo para assinantes.

*Com reportagem Bruno Mello.

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss