Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Os desafios da gestão do tempo no Marketing

Grande número de ferramentas de produtividade desperta interesse em consumidores que se veem em busca de tudo que otimize o dia a dia. Ações precisam fomentar conveniência

Por | 09/03/2017

priscilla@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Alle Ferreira, Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas e Neurociência do ComportamentoA chegada de ferramentas de produtividade permitiu que os profissionais conseguissem otimizar o tempo de trabalho. A quantidade de soluções, no entanto, acabou por gerar uma angústia sobre como tornar as horas mais eficientes. Satisfazer objetivos prioritários e de ordem qualitativa é o maior desafio enfrentado pelos gestores. Os métodos tradicionais de gestão de tempo ensinam a fazer um maior número de tarefas em menos tempo, melhorando assim a eficiência.

As inúmeras plataformas voltadas à produtividade e conveniência já estão mudando a forma de trabalho e também na vida pessoal dos usuários, mas não basta apenas usar aplicativos. Para gerir o tempo deve-se analisar duas dimensões: o urgente e o importante. Assim, todas as atividades deverão ser classificadas segundo estas variáveis. Pode parecer simples, mas na prática administrar tarefas é algo que exige atenção.

Os profissionais de Marketing, por sua vez, já lidam com diversas tecnologias e precisam estar atentos em como a gestão do tempo pode facilitar não apenas o trabalho deles, mas também o dos consumidores. "As pessoas passam cada vez mais tempo conectadas e sentem necessidade de perceber que não estão desperdiçando o tempo delas, por isso soluções e serviços voltados a facilitar a rotina desses usuários serão buscados em uma escala maior", comenta Alle Ferreira, Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas e Neurociência do Comportamento, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Conveniência
O número médio de mensagens recebidas por e-mail por um profissional durante o período de trabalho ou de estudo é de 55 por dia, segundo levantamento feito pela Triad Consulting. Uma pessoa pode gastar até três horas diárias entre leitura, resposta ou classificação das mensagens. Apenas nesse quesito um gestor já passaria boa parte do tempo de trabalho analisando a caixa de entrada, o que tomaria seu tempo para fazer o que de fato ele precisaria.

Com a quantidade de e-mail marketing enviada, muito é perdido justamente por falta de tempo. Cabe às empresas criarem valor e interesse nos disparos, a fim de que o assunto agregue ao que o destinatário precisa. "O uso de dados permite conhecer a fundo quem é o cliente. É inaceitável que uma marca ainda se prenda em criar uma rotina de envio sem saber se a pessoa do outro lado está lendo ou se tem a ver com o que ela está vivenciando", afirma Alle.

Por esse motivo, ao pensarem em soluções que ajudem a melhorar as vendas, as marcas também estar atentas em oferecer conveniência. Em um cenário cada vez mais digital e multicanal, as empresas que oferecerem facilidade e economia de tempo conquistarão a preferência. O consumidor está disposto a pagar mais por itens que solucionem seus problemas com mais rapidez e garantam facilidade e conforto no seu dia a dia, de acordo com estudo do Ibope Inteligência.

Soluções práticas
O uso das ferramentas de produtividade deve facilitar a rotina e não ser um tormento. "Existem milhares de aplicativos voltados à ajudar a gerir o tempo, mas é preciso que se entenda que ele não deve engessar a pessoa, que é o que muitas pessoas pensam que vai ser feito. O trabalho de comunicação deve ser claro, porque esse assunto ainda é algo que o brasileiro entende como mais um controlador da vida", diz a especialista.

O senso de urgência hoje é maior do que em outros tempos e o consumidor tem a sensação de que está a todo momento sendo bombardeado de informações. Saber lidar com o volume de dados que chega é algo ainda novo e que requer maturidade. "Faz parte do processo humano rejeitar algo no início, mas ao mesmo tempo o brasileiro é muito aberto às experimentações, por isso as empresas podem apostar em soluções que tornem o dia a dia das pessoas em algo mais simples e que economize tempo", conclui Alle.

Um dos caminhos que já começam a ser seguidos pelo varejo são os caixas de auto atendimento. Terminais de self-checkout já são realidade em lojas de supermercados das redes Savegnago e Delta, localizadas no interior de São Paulo, e da Imperatriz, de Florianópolis, Santa Catarina. Trata-se de um caixa inteligente que permite ao cliente realizar, sozinho, todas as etapas da compra numa loja, desde pesar os produtos e registrar os códigos de barras no leitor, até efetuar o pagamento. Além de maior comodidade aos clientes, a facilidade garante aos lojistas reduzir, em até 30%, o tempo de espera nas filas dos supermercados.

Ferramentas
A gestão do tempo é algo já percebida como necessidade por desenvolvedores de aplicativos. Algumas opções disponíveis no mercado vem sendo usadas por diferentes perfis de companhias. O Wunderlist, por exemplo, permite que o usuário crie tarefas e agende-as por meio de um calendário, em que se tenha o controle do que precisa ser feito e quando. Além disso a ferramenta trabalha com listas separadas, onde a pessoa pode organizar, por exemplo, atividades do projeto ou algum outro tema que tenha interesse.

Outra opção é o Trello, que funciona de maneira colaborativa onde é possível organizar atividades, distribuí-las com a equipe e monitorar de forma visual o andamento das tarefas.

Ele funciona como um esquema de separação em quadros, listas e cartões. Cada um deles representa uma tarefa dentro de uma lista, assim é possível criar várias tarefas numa lista chamada "Itens pendentes" e organizar tudo dentro de um quadro.

Outra possibilidade é utilizar algum modelo de matriz, como a IUC (Importante, Urgente e Circunstancial). Esse modelo funciona listando as tarefas do dia e classificando-as em uma das três categorias. Com base nisso, é possível ter uma visão clara do que pode ser eliminado ou não do dia a dia. Essas são algumas ferramentas para administração e organização do próprio tempo, no entanto, o consumidor espera mais. Ele quer que as marcas estejam atentas a essa demanda contribuindo com suas rotinas e, principalmente, facilitando-as. 

Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss