É dada a largada para as Olimpíadas 2016 para as patrocinadoras | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

É dada a largada para as Olimpíadas 2016 para as patrocinadoras

Nissan, Bradesco e Coca-Cola investem no revezamento da Tocha Olímpica, que levará as marcas a 250 cidades brasileiras durante 25 semanas, impactando 90% da população

Por | 30/01/2015

roberta.moraes@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Faltando 553 dias para o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016, poucas ativações podem ser vistas. Nesta semana, no entanto, foi enfim dada a largada para as inciativas de pelo menos três patrocinadoras, que investirão no Revezamento da Tocha Olímpica. Por aproximadamente 100 dias, a chama percorrerá 250 cidades brasileiras: todas com uma agência do Bradesco, compartilhando a alegria com a população como estimula a Coca-Cola, passando por mais de 20 mil quilômetros de estradas abertas às rodas da Nissan.

Assim, relacionando as características das marcas à realidade do grandioso evento, as três organizações responsáveis pelo revezamento prometem levar o espírito dos jogos - e as próprias marcas - para os quatro cantos do país. Durante 25 semanas, junto aos ícones das companhias, a tocha viajará por todo o Brasil, impactando 90% da população. O Comitê Olímpico ainda não definiu todas as cidades por onde a pira passará, mas o Distrito Federal e as capitais dos Estados estão confirmados. Antes de chegar ao país, a tocha será acesa em Olímpia, na Grécia, por onde circulará por uma semana.

Serão 10 mil milhas de voos e 10 mil condutores, que levarão a tocha até o Estádio do Maracanã, onde, no dia cinco de agosto, os Jogos Olímpicos serão iniciados. As companhias não abriram o valor do investimento. "Poucas coisas na história dos Jogos se comparam à tocha olímpica. Tenho certeza de que Coca-Cola, Nissan e Bradesco proporcionarão um evento com muito mais emoção. Esses parceiros vão viabilizarão algo muito maior, pela criatividade e imensidão do país", comentou Carlos Arthur Nuzman, Presidente do Comitê Rio 2016, durante a apresentação dos patrocinadores.

Calor humano é a temática do evento
O revezamento do símbolo Olímpico é uma tradição criada em 1936 e, na edição do Rio, o conceito será "calor humano". O logotipo do evento, também lançado nesta quinta e escolhido no ano passado em um concurso nacional, traz as cores quentes que rementem à chama e à cordialidade dos brasileiros. Com esse mote, as marcas já estão criando campanhas que se alinham à temática.

A Nissan, por exemplo, produziu dois vídeos que abordam a importância do calor humano e da torcida do público brasileiro em competições na visão de atletas do Time Nissan. Os esportistas protagonistas são Caio Ribeiro, campeão mundial de Paracanoagem, e Ygor Coelho, hexacampeão pan-americano júnior de Badminton. Os vídeos estão disponíveis na página da Nissan no Facebook.

A fabricante de automóveis, além do patrocínio, cederá 38 veículos para acompanhar todo o roteiro do Revezamento da Tocha Olímpica pelo Brasil. Estes automóveis se somarão aos cerca de cinco mil que a Nissan fornecerá à frota oficial durante os Jogos Rio 2016. "O revezamento da tocha é o único evento das Olímpiadas que percorrerá o Brasil todo. E por meio das nossas concessionárias, que nos permite uma cobertura em todo o país, vamos poder mostrar para todos os brasileiros os nossos carros", explicou François Dossa, Presidente da Nissan do Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Investimento com retorno em longo prazo
Com tanta exposição, a visibilidade das marcas será um dos principais, mas não únicos, dividendos que as companhias garantirão por aliarem seus nomes a um evento que terá grande impacto global. "O retorno não é em curto prazo, mas de construção de marca no longo prazo, ao agregar à estratégia a apresentação de banco presente na vida dos brasileiros. O maior retorno é o de fazer parte da história, no momento em que os brasileiros estão envolvidos com essa história", afirma Jorge Nasser, Diretor de Marketing do Bradesco, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Patrocinando o Revezamento da Tocha Olímpica desde 1992, a Coca-Cola é a marca com um relacionamento mais longevo com o evento. Desde 1928, ela patrocina a realização dos Jogos Olímpicos e, em 2016, pela 11ª vez, a marca estará presente no revezamento da tocha. "Esse patrocínio veio evoluindo e o principal ponto é o alinhamento das prioridades do Comitê Olímpico Internacional por promoverem bons valores como o otimismo, a felicidade, o relacionamento entre as pessoas com o DNA da Coca-Cola. A empresa se sente muito honrada em poder compartilhar isso com a população, que é tão sedenta desses valores", comenta Flavio Camelier, Vice-Presidente da Coca-Cola para os Jogos Olímpicos Rio 2016, em entrevista ao Mundo do Marketing.

A relação da Coca-Cola com o evento se confunde com a própria história recente do revezamento. A empresa, inclusive, foi responsável por implementar o Programa Internacional de Condutores, em Barcelona 1992. Anteriormente, eram escolhidos apenas voluntários do país anfitrião dos Jogos.  Desde então, a companhia esteve presente nos Jogos de Inverno e Verão. Mas a relação da Coca-Cola com os Jogos Olímpicos tem quase um século: desde 1928, em Amsterdã, a empresa está presente no principal evento esportivo que reúne atletas de várias modalidades e de vários países do mundo.

Marcas serão responsáveis pelos condutores 
Nos Jogos Rio 2016, Nissan, Bradesco e Coca-Cola, junto ao próprio comitê organizador, ficarão responsáveis por selecionar os 10 mil sortudos que terão a chance de participar deste momento único no Brasil. As empresas ainda estão definindo suas estratégias para essa seleção, mas todas deverão promover campanhas entre seus públicos.

Nos anos anteriores, a Coca-Cola promoveu diversas ações para aumentar a participação da população e aumentar o engajamento com a marca e com os próprios jogos. "Durante o revezamento a gente faz uma ativação para celebrar essas pessoas, contar as histórias, celebrar com quem está nas ruas, para que elas se sintam parte dos Jogos Olímpicos. Este momento é um grande aquecimento para os Jogos Olímpicos, quando também promovemos uma série de ações de Marketing", comentou Flavio Camelier, Vice-Presidente da Coca-Cola para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Responsável por 1.750 vagas de condutores, a Nissan deve levar para as ruas funcionários, concessionários, parceiros, clientes e autoridades. Mas a estratégia ainda está sendo definida pelo Marketing da companhia. O Bradesco não revelou quantas posições estão sob seus cuidados, mas deixa claro quer dar oportunidade a pessoas alinhadas à proposta do banco, mesmo que não sejam correntistas. "Uma das coisas que ainda estamos definindo é a forma como vamos eleger ou indicar esses condutores. Vamos promover um processo de seleção nas comunidades, onde essas pessoas vão indicar quem as representa, quem representa o esporte ou ainda quem tenha iniciativas que traduzam a cultura do Bradesco, de investir no esporte, no folclore, na cultura, nas tradições", afirmou Jorge Nasser.

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss