Reportagens

Publicidade
Publicidade
Mercado

Marketing cria alianças entre noivos e empresas especializadas

Companhias voltadas para o segmento de casamentos e suas estratégias

Por Thiago Terra - 29/01/2009

Marketing cria alianças entre noivos e empresas especializadas

Por Thiago Terra
thiago@mundodomarketing.com.br

Já não é de hoje que o mês de maio não é mais visto só como o mês das noivas. Aliás, a cerimônia de casamento no Brasil cresce como um bolo de noivado, mas mostra sinais dos novos tempos. Em um mercado que movimenta cerca de R$ 3,7 bilhões por ano, é cada vez mais difícil mensurar a quantidade de cerimônias matrimoniais por conta das uniões não oficiais.

Sites, empresas de buffet, eventos voltados para noivos e empresas do setor, além de hotéis com serviços especiais, apontam o caminho a ser seguido e as novidades em produtos e serviços que farão do casamento um momento único, produzido de forma impécável, com o objetivo de ganhar a confiança dos noivos e começar a produção da festa.

Se a procura é grande, o mercado se aquece e assim as empresas desenvolvem estratégias de Marketing diferenciadas para qualquer época do ano em que o casamento seja realizado. Para mostrar o que as companhias do setor estão fazendo para tornar o relacionamento com seus clientes eterno enquanto dure, o Mundo do Marketing entrevistou profissionais de diferentes empresas do setor e apresentará no primeiro mês do ano as melhores opções para um casamento mágico.

Espaço físico, web e culinária diferenciada
A demanda por serviços para casamentos fez com que o Recanto das Águas Hotel e SPA percebesse a oportunidade que o mercado oferece. Durante cinco anos o estabelecimento recebia festas e cerimônias de casamento como eventos isolados e com a experiência obtida, Margot Verrino, Gerente do Spa Lazer e Saúde Praia dos Amores – hoje integrado ao Recanto das Águas -, desenvolveu o Spa da Noiva dentro do espaço oferecido no hotel. “Criamos um local só para as noivas com tratamentos como banho de noiva, mesa de buffet e sala de visitas. É um espaço totalmente dedicado a ela”, diz a executiva em entrevista ao Mundo do Marketing.

Na internet, os noivos também já podem oferecer experiências aos seus convidados. Através de um site exclusivo para a cerimônia é possível colocar informações sobre o casamento como endereço e horário da cerimônia. “Desta forma, aproximadamente 200 convidados acessam o www.noivas.com.br e consequentemente o site do evento matrimonial. Além disso, ter uma página na web sobre o casamento cria fidelização com o cliente”, conta Adriano Souza (foto), Diretor de Projetos do site Noivas.com.br.

Como diferencial neste mercado tradicional, a Divani & Fusco Gastronomia e Eventos apresenta cardápios com doces personalizados, em formato, design e sabores de acordo com o gosto dos “pombinhos”. “Aproveitamos um produto ou fruto brasileiro e transformamos em canapé. Como uma das sócias é Chef, usamos criatividade com a matéria-prima dos alimentos”, aponta Juliana Fusco, sócia da Divani & Fusco Gastronomia e Eventos.

Links patrocinados e B2B
Há cerca de 20 anos a procura por empresas que oferecem estes serviços era feita através de indicações e boca-a-boca, mas com a internet, o casal ganhou mais opções e velocidade para decidir onde, como, quando e também quanto será gasto.

Mesmo sem trabalhar ainda com links patrocinados, o site Noivas.com.br faz projetos para aumentar a visibilidade da marca. “Cerca de 80% das pesquisas no Google por este segmento buscam pela palavra ‘noivas’. Temos uma média de 3 a 4 mil acessos por dia, mas a partir do segundo semestre deste ano, com investimento em links patrocinados, almejamos 15 mil acessos diários”, espera o Diretor de Projetos do site.

Engana-se, porém, quem pensa que as empresas deste setor investem apenas em comunicação para o consumidor final. Uma das estratégias de Marketing do Recanto das Águas é fazer ações B2B e, de acordo com Margot, 60% das noivas indicadas e os cerimoniais realizados no hotel vêm da relação com profissionais da área. “Temos parceria com fotógrafos, empresas de buffet e lojas de roupas para casamentos, que sabem que o trabalho deles será de qualidade ao indicar o Recanto das Águas para os noivos”, explica.

Novas festas e serviços
Este ano acontece a sétima edição do São Paulo Wedding Week, evento voltado para empresas do segmento de casamentos, e de acordo com a diretora da DJ Foz Marketing e Eventos – empresa que organiza o SPWW -, Florita Andreoni Foz, as novidades podem parecer estranhas.

O SPWW acontece em São Paulo entre 27 e 29 de março e, segundo Florita, os participantes conhecerão os eventos feitos por casais que já não se gostam tanto quanto no dia do “sim”. “Hoje em dia alguns casais contratam a mesma empresa que fez o casamento para desenvolver uma festa para anunciar a separação”, garante a organizadora do São Paulo Weed Week ao Mundo do Marketing.

As situações inusitadas costumam acontecer em dias inadequados e, para evitar que falte algum item no dia do casamento, o Spa do Recanto das Águas oferece um serviço que tranqüiliza as noivas mais nervosas. “Tentamos suprir as necessidades delas até quando esquecem alguma coisa. Por isso oferecemos o SOS da noiva, que é um suporte técnico e físico para que elas não se preocupem com pele, cabelo ou alimentação”, explica Margot Verrino.

Preço X qualidade
Apesar dos momentos felizes que os convidados desfrutam, os noivos são os protagonistas de um evento que será lembrado para o resto da vida, tanto pela felicidade de começar uma vida a dois quanto pelo investimento feito. Mas será que o dinheiro gasto é levado em consideração em um momento como esse? “Percebo que preço e qualidade estão em patamares iguais em termos de prioridade para os noivos”, acredita Juliana Fusco (foto), sócia da Divani & Fusco Gastronomia e Eventos.

É provável que a maioria das noivas diga que o casamento é um sonho e, por isso, Adriano Souza, do site Noivas.com.br, investe no visual de sua marca. “A noiva tem que olhar para o site e lembrar do sonho dela. Não é com o dinheiro que ela está preocupada, mas sim em viver um momento especial. Hoje, quando um casal decide se unir a primeira coisa que ela faz é fuçar na internet porque lá ela expõe seus anseios mais do que pessoalmente”, afirma o Diretor de Projetos do Noivas.com.br.

De um modo ou de outro, na igreja ou no cartório, com ou sem festa, o certo é que o Brasil oferece mercado para empresas deste setor. De acordo com Adriano Souza, em 2007 o Brasil registrou cerca de 750 mil casamentos. “Na maioria das vezes o casamento é feito só no cartório, mas não quer dizer que os noivos não façam uma viagem juntos ou uma festa para alguns convidados”, completa.