Supermercado incentiva coleta seletiva com sacolas diferentes | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Supermercado incentiva coleta seletiva com sacolas diferentes

Rede de Minas Gerais utiliza cores distintas para estimular o consumidor a criar o hábito de separar os materiais que podem ser descartáveis e os reaproveitáveis

Por | 30/01/2019

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

As ações sustentáveis e de bem-estar social vêm ganhando espaço no mercado a cada dia, embora os desafios sejam grandes. Dentro desse contexto, a redução do uso de plástico é um dos grandes temas que pautam a consciência do consumidor. Para alcançar esse objetivo, algumas redes supermercadistas já começam a se mobilizar com o propósito de minimizar os impactos deste material no meio ambiente.

No Brasil, existem muitos exemplos de supermercados que estão atentos às boas práticas ambientais, atendendo às demandas do consumidor por um mundo mais sustentável. Uma das diferentes ações neste sentido vem sendo realizada pela rede de supermercados Maiolini, que incentiva a coleta seletiva na cidade de Varginha, em Minas Gerais.

O projeto disponibiliza novas sacolas em cores diferentes para colocar o lixo não reciclável e o reciclável em recipientes distintos. O objetivo é fazer com que o consumidor saiba separar o lixo e, assim, facilite o trabalho dos coletores. Esta ação acontece desde outubro de 2018 quando o SEMEA (Secretaria Municipal do Meio Ambiente) propôs a iniciativa aos principais supermercados como ABC, Farias, Pajeú e Maiolini.

E não é só no Brasil que as empresas do setor estão se movimentando para reduzir os resíduos de plástico. Na Grã-Bretanha, o Governo aumentou em 2015 a taxa sobre os sacos de plástico e incentiva os empreendimentos locais a repassarem uma taxa de cinco centavos para cada sacola retirada pelo consumidor.

Desde a implementação da iniciativa, o Governo britânico contabiliza ter retirado aproximadamente 15 milhões de sacos plásticos de circulação, registrando queda de 86% na venda do item nos grandes supermercados. Hoje, cada consumidor utiliza cerca de 19 sacos plásticos em média contra 140 antes da introdução da taxa.

Outra entidade que comemora o sucesso desta iniciativa é a Sociedade de Conservação Marinha do Reino Unido. O grupo afirma que há uma significativa redução de sacos plásticos encontrados nas praias da região e em países como Escócia e Irlanda do Norte, por exemplo, todos os supermercados, mesmo as pequenas redes, atualmente pagam uma taxa mínima de cinco centavos para cada saco de plástico.

Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss