Nova era de cupons de descontos aposta em dispositivos móveis | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Nova era de cupons de descontos aposta em dispositivos móveis

Empresas investem em tecnologia para lançar ofertas com consumo imediato por meio do m-commerce.Na contramão, impressão de promoção em tickets fiscais movimenta pequenas empresas

Por | 04/02/2015

roberta.moraes@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Popularizados, em um primeiro momento, por meio das compras coletivas, os cupons de desconto chegam a um novo patamar no Brasil ao alcançarem os dispositivos móveis. Seu apelo no momento de instabilidade econômica tende a crescer, embora a aceitação no mercado nacional ainda esteja distante da realidade de outros países, como os Estados Unidos. A ferramenta de atração de consumidores para o ponto de venda não só impulsiona transações, como pode fidelizar e melhorar a experiência do cliente. No Brasil, a maior parte das ofertas é feita em sites especializados em reunir as promoções mais atrativas aos usuários.

O aumento na procura por cupons vem tornando a estratégia interessante para empresas. Entre janeiro de 2011 a janeiro de 2015, a busca pela expressão "Cupom de descontos" cresceu 614% no Google. Se nos Estados Unidos é comum ver consumidores recortando os papéis com ofertas - cena popularizada pelo programa `Cupom Mania´ exibido pelo canal por assinatura Discovery Home &Healthy -, por aqui as promoções são adquiridas facilmente no ambiente virtual. A ferramenta deu um importante passo ao levar o benefício para os smartphones e tablets.

As marcas estão desenvolvendo maneiras para atraírem seus clientes, no momento em que eles querem economizar, enviando ofertas eletrônicas via SMS e até WhatsApp. Já os portais especializados criam aplicativos, com descontos que estimulam a compra para consumo imediato. "Ao trabalhar a tecnologia no celular aliado à geolocalização, por exemplo, é possível que o cliente seja lembrado da promoção ao passar pela loja. Isso pode ajudar ainda mais na fidelização, além de minimizar a possibilidade de gerar frustação no consumidor que perdeu a validade de uma oferta", comenta Mauricio Morgado, Professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), em entrevista ao Mundo do Marketing.

Peixe Urbano aposta no m-commerce
Responsável por apresentar ao mercado brasileiro o modelo de compras coletivas, o Peixe Urbano foi mudando a estratégia de negócio ao longo da sua história, mas sempre tendo o cupom como principal produto. Desde a fundação, em 2010, até os dias atuais, o negócio já vendeu quase 30 milhões de ofertas, gerando uma economia para os consumidores de quase R$ 3 bilhões. A empresa tem cerca de 25 milhões de usuários cadastrados e oferece, atualmente, quase cinco mil descontos em mais de 100 cidades brasileiras. Se antes o site disponibilizava uma opção por dia, atualmente o grande atrativo são as múltiplas promoções.

Para reunir tantas ofertas, o Peixe Urbano aposta também no canal mobile. A iniciativa visa estimular a compra para uso imediato, sendo necessária apenas a apresentação do cupom na tela do equipamento. A funcionalidade `Use agora´ já é oferecida e a empresa está fazendo promoções específicas para as aquisições feitas pelo aplicativo. Até o fim de fevereiro, por exemplo, os consumidores poderão comprar água de coco por apenas R$ 1,00, aos fins de semana, em um quiosque na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

A ferramenta está disponível para iOS e Android, e mais de um milhão de pessoas já baixaram a versão móvel. "O Peixe Urbano acredita que o canal mobile será um grande alavancador de crescimento em 2015 e esperamos que, até o fim do ano, 50% das nossas vendas sejam feitas pelo celular. Estamos investindo muito no aplicativo, por meio do qual o consumidor conseguirá encontrar ofertas próximas, com a ativação do GPS, comprar o cupom e utilizá-lo no mesmo momento, oferecendo uma experiência mais simples e prática possível. Atualmente, 20% das compras feitas pelo aplicativo são usadas no mesmo dia", explica Letícia Leite, Diretora de Comunicação Corporativa do Peixe Urbano, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Cupons online garantem tráfego para os e-commerces
Muito além de oferecer descontos, os sites especializados permitem maior visibilidade para as marcas e aumentam o fluxo de visitantes para o e-commerce delas. A parceria, inclusive, pode ser uma grande aliada das novas empresas que ainda precisam se consolidar no mercado. Lançado no fim de 2012, o CupoNation oferece cerca de quatro mil ofertas simultaneamente e reúne mais de 2.500 lojas online. Além de estimular a compra, o site também funciona como um canal de divulgação e, além disso, oferece pacotes de visibilidade que permite que as marcas sejam anunciadas na base de e-mail e nas redes sociais, o que pode representar um impacto de até sete milhões de pessoas.

Parceira da CupoNation desde o início das atividades, o gráfica online ZocPrint tem 5% do tráfego gerado exclusivamente pelo portal de desconto e até 7% de receita oriunda de cupons. Outras metas podem ser alcançadas ao usar este tipo de ferramenta de Marketing e venda. "Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostra que os cupons ajudam a fidelizar os clientes e que há uma melhora na imagem da marca que oferece este tipo de promoção. Com o uso dos cupons, é possível aumentar o ticket médio da empresa, alcançar uma base diferente de clientes, giraro estoque e reduzir o abandono do carrinho de compra", enumera Fernanda Junqueira, CEO do CupoNation, em entrevista ao Mundo do Marketing.

A consolidação de ofertas nesses sites permite, inclusive, que as campanhas de descontos nos portais especializados tenham maior relevância para o consumidor do que aquelas feitas no próprio e-commerce. "Quando o consumidor encontra uma promoção muito significativa no site do próprio anunciante, ele fica desconfiado. Além disso, o cliente, muitas vezes, não tem a sensação de ter encontrado uma vantagem. Já ao usar um desconto de um site específico é como se ele tivesse achado algo único, um verdadeiro benefício", esclarece Fernanda, do CupoNation.

Apesar de oferecer descontos na própria página, o e-commerce especializado em móveis e objetos de decoração Mobly aposta no Marketing de afiliados para aumentar os lucros. "Essa parceria traz um volume adicional relevante para o site, não só de visita, mas também de venda. Os portais de cupons têm um forte posicionamento quando o consumidor está em busca de descontos. E o mais interessante é que esse cliente, em geral, está mais decidido pela compra", comenta Iuri Ribeiro, Gerente de Marketing da Mobly, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Versão impressa é a aposta da TicketCom
Na contramão das inovações eletrônicas apresentadas para a ferramenta, a rede de franquias francesa TicketCom oferece tecnologia que pode contribuir para fomentar pequenas e médias empresas e estimular o comércio em cidades de pequeno porte. Por meio da impressão de cupons de desconto no verso das notas fiscais, o método oferece baixo custo e entrega de 100% das ofertas. A ferramenta permite a comercialização de 15 anúncios por lotes de bobinas e cada campanha tem um mínimo de 300 rolos, o que gera a veiculação de 20mil cupons. Para as empresas o investimento varia entre R$ 450,00 a R$4.500,00 mensais, dependendo da quantidade e tamanho dos anúncios a serem veiculados.

No Brasil desde 2011, a empresa está presente em 27 cidades de 14 estados e já distribuiu mais de 870 mil cupons. Apenas no ano passado, foram entregues mais de 390 mil ofertas por meio da impressão no verso de tickets de caixa, e também por cupons digitais - enviados diretamente aos consumidores por SMS ou WhatsApp. Entre as vantagens deste tipo de cupom está a garantia de exclusividade por ramo de atividade, baixo custo e alto impacto junto aos consumidores, que recebem as ofertas ao efetuarem uma compra.

Para garantir a entrega dos descontos nas áreas em que o anunciante deseja, a TicketCom fornece as bobinas gratuitamente no comércio local, distribuindo com o cuidado de evitar empresas concorrentes. Diferente dos sites, na versão impressa, é a marca que chega até o consumidor. "Apesar de muitas vezes estar em uma área comercial forte, algumas pequenas e médias empresas não tem acesso fácil a mídias, e o que o nós promovemos é o fortalecimento do mercado local junto ao público-alvo dele, na própria área de atuação. Além de ter um forte impacto nas cidades medianas, esta ferramenta também pode ser aplicada em âmbito nacional, dependendo do interesse das empresas", explica Eduardo Petrone, Diretor de Expansão da TicketCom no Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.
 

Leia também: 8 formas para melhorar o e-commerce. Dicas do Mundo do Marketing Inteligência. Conteúdo exclusivo para assinantes.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss