Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Mundo do Marketing discute cases e ferramentas em seminário

Profissionais do Rio de Janeiro conheceram ações e casos de sucesso em evento do Mundo do Marketing

Por | 20/09/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Mundo do Marketing discute cases e ferramentas em seminário

Por Mariana Oliveira
redacao@mundodomarketing.com.br

O Mundo do Marketing promoveu pela primeira vez, nesta terça-feira 19 de setembro, um seminário voltado para os profissionais e estudantes da área no Rio de Janeiro. O evento que reuniu dezenas de pessoas na UniverCidade discutiu ferramentas e cases de marketing e obteve 98% de aprovação entre os participantes. "O Mundo do Marketing é voltado para os profissionais e estudantes e a nossa motivação para realizar este seminário foi partilhar com vocês as aulas que recebemos quando entrevistamos estas pessoas", disse Bruno Mello, Editor-Executivo do site.

O seminário patrocinado pela Rio360 Comunicação e pela Selulloid Ag, realizado em parceria com a UniverCidade e com o apoio da ADVB - Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil reuniu diversos serviços como Marketing de Relacionamento, Promoção e Eventos, Marketing Digital, Comunicação por Conteúdo, Retorno sobre Investimento em Marketing e o Case Skol. Sobre relacionamento, Riane Pontarelli, Diretora de Planejamento e Criação da Incentive House, mostrou como a motivação de pessoas pode ser um diferencial no planejamento estratégico de qualquer empresa. "No fundo, nosso objetivo é conquistar o cliente", garante.

Para tanto, Riane enfatizou que um programa de relacionamento deve definir características como a fidelidade e o comportamento do consumidor, conhecer a base de clientes da empresa, definir o retorno de investimento e medir a efetividade do programa periodicamente. Ela também destacou alguns mitos quanto ao marketing de relacionamento, como o de que consumidores satisfeitos são necessariamente fiéis e que fidelidade emocional é o objeto principal nesta área, chamando atenção para as inúmeras variáveis que influem num programa de sucesso.

A palestra de Riane confirma a necessidade de investimento em relacionamento à medida em que destaca a importância da fidelidade dos consumidores. "As empresas perdem 20% da base de clientes ao ano. Mesmo assim é mais fácil reconquistar um cliente antigo", explica. Ela também apontou ferramentas como campanhas e viagens de incentivo, eventos e programas de fidelidade.

Produzindo Eventos
Eliana Santa Rita, Sócia-diretora da Rio360 Comunicação, salientou a importância de eventos promocionais para marcas e produtos através de cases da agência. Ela contou que neste ano estão em curso eventos para a comemoração dos 60 anos do Ponto Frio que incluem seis shows nas principais capitais, além de projetos para diferenciação da marca, como a participação na Casa Cor.

Entre os clientes da agência estão TIM, Rede Globo, Volkswagen, Piraquê, e é claro, os Reveillons de 2005 e 2006 na praia de Copacabana. Eliana enfatiza que o produto é um item cada vez mais comum e que os profissionais devem estar atentos a novas formas de promover experiências junto ao consumidor. "Não dá mais para ser superficial. Inovação, arrojo e diferenciação é o que os clientes procuram em qualquer produto", afirma.

Vida Digital
O Marketing Digital foi representado por Risoletta Miranda, Sócia-presidente da Addcomm. Para Rizzo, a Era Digital é uma experiência comparável ao Renascimento e à máquina a vapor. Deste modo, cabe aos profissionais de marketing perceber a essência do comportamento e da necessidade de estar atualizado quanto a esta tendência.

Ela explicou que é importante conhecer o meio para transformar a internet em ferramenta eficaz para a empresa através de métodos próprios, pois esta rede se diferencia em várias características das demais formas de publicidade e marketing. "O tempo na internet é diferente e não é criando movimentos espasmódicos que se conquista espaço", declara.

Risoletta destaca que a web oferece vantagens como a facilidade de medir o feedback dos consumidores e cita cases onde a empresa confirmou o poder deste instrumento. O blog da regata "Volta ao Mundo", onde tripulantes do barco Brasil 1 postavam diariamente, é um exemplo de sucesso na internet. Ela também destacou o caso da empresa farmacêutica Roche, que cerceada pela legislação da Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária -, precisou investir nos mais diferentes meios para divulgar um novo medicamento para psoríase através da internet, com chats e Messenger.

Ênfase no conteúdo
A apresentação Cláudio Henrique, Diretor de Conteúdo da Selulloid AG, sobre Comunicação por Conteúdo destacou as formas de inserção das marcas no dia-a-dia dos consumidores de forma atrativa. "A comunicação por conteúdo ocupa espaço por nunca ser interruptiva. Ela é atrativa", analisa.

Ele citou exemplos de situações onde "a marca é a própria mídia", promovendo uma interação saudável entre consumidor e empresa. Cláudio afirma também que o maior desafio é construir uma estratégia sem transformar a marca em publicidade e já nota um esforço dos profissionais para acompanhar esta tendência, como é o caso da Oi, que possui sua identidade associada a programa de televisão, revista e rádio.

Investimento e retorno
Umas das maiores preocupações dos profissionais da área é como provar que investir em marketing dá certo. Alberto Cerqueira Lima, Presidente da Copernicus Marketing Consulting no Brasil, foi o encarregado de demonstrar possibilidades de como fazer isso com sucesso. Ele ressaltou que o planejamento estratégico é uma ferramenta fundamental em se tratando de marketing e, mesmo assim, as empresas insistem em cometer erros como decidir pela intuição, com pressa, sem conhecimento do target ou sem posicionamento claro da marca.

Ele destacou o caso de sucesso da Skol para ilustrar como um estudo completo pode elevar o valor e a imagem que o consumidor tem do produto. A Copernicus foi uma das responsáveis por erguer esta cerveja como líder de mercado ao perceber as fraquezas da concorrência e guiar suas estratégias a um público segmentado. A pesquisa levou em conta mais de 200 variáveis e foi viabilizada através de um modelo matemático.

Cerqueira relatou outras situações em que pesquisas ou segmentações superficiais não foram suficientes para traçar um plano e enfatizou que é necessário estar atento aos consumidores. "O consumidor está cada vez mais sofisticado e não responde a simples pesquisas", conclui.





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss